Inter empata com o Once Caldas e garante vaga pela na fase de grupos da Libertadores da América

Internacional segue na luta pelo Tricampeonato da América. O time colorado empatou em 2 a 2 com o Once Caldas, e garantiu vaga na fase de grupos.

Em jogo disputado na noite desta quarta-feira, (01/02) em Manizales, na Colômbia, o colorado garantiu  a decima participação do clube no torneio mais importante do continente, a terceira consecutiva, pela primeira vez.

Os colombianos fizeram 1 a 0 em uma cobrança de pênalti logo a um minuto de bola rolando mas D'Alessandro empatou, também de pênalti, aos 11 minutos. Com a igualdade, o time gaúcho cresceu na partida e numa bonita jogada coletiva, Tinga virou o placar. O time colombiano que a partir desse momento precisaria de dois gols para avançar, chegou a novo empate logo em seguida, em outro belo lance de González, ainda no primeiro tempo. Na etapa final, os comandados de Dorival Júnior controlaram a partida e seguraram a classificação, já que a equipe havia vencido a partida de ida por 1 a 0 no Beira-rio.

Na próxima fase, o Inter enfrentará Santos, Juan Aurich, do Peru, e The Strongest, da Bolívia, no Grupo 1. O primeiro jogo será na próxima quinta-feira (9/2), contra o Juan Aurich, no Beira-Rio.

Tinga no lugar de Dagoberto
Com a torção no tornozelo do atacante Dagoberto, o técnico Dorival Júnior optou pela entrada do meia Tinga, na única mudança em relação ao time que havia vencido o Once Caldas na semana anterior no jogo de ida, no Beira-Rio. O lateral-direito Nei, que sentia dores no joelho, foi submetido a um teste momentos antes da partida, mas acabou sendo liberado para jogar. O Inter entrou em campo em Manizales com: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Bolatti; Guiñazu, Tinga, Oscar e D´Alessandro; Leandro Damião.

Susto logo no início
Logo a 1min, em um cruzamento da longo da direita para a área, Nei subiu pelo alto com Beltrán e acabou deixando o braço esquerdo na disputa. Próximo ao lance, o árbitro Francisco Chacon marcou pênalti. Nuñez converteu e fez 1 a 0 para o time da casa. O adversário colombiano seguiu pressionando e chegou a acertar a trave colorada aos 7min.

Em novo pênalti, D'Alessandro empata logo em seguida
Aos 10min, o maestro argentino D'Alessandro lançou Oscar, que invadiu a área e foi derrubado por Casierra quando preparava o chute. O capitão D'Alessandro bateu rasteiro, no canto direito, deslocando o goleiro: 1 a 1.

Jogo aberto e chances de gol
A partir do empate, o Inter passou a ter grande vantagem, pois o gol marcado fora de casa obrigava o time da casa a marcar dois gols para buscar a vaga. Com a situação mais confortável, o Colorado passou a dominar o jogo e passou a criar chances de gol. E não demorou para a virada acontecer. Aos 21min, Kleber cruzou da esquerda e Oscar ajeitou com o peito para D'Alessandro, que escorou para Tinga na pequena área. O volante só desviou para as redes para fazer 2 a 1. Com o placar adverso, o Once Caldas ameaçou reagir. Aos 24min, o ataque do Once Caldas envolveu a marcação colorada e González invadiu a área colorada e chutou forte para empatar o duelo em 2 a 2.

Com a igualdade no placar, Inter e Once Caldas ainda criaram boas chances para marcar. Pelo lado Colorado, Oscar desperdiçou ainda no primeiro tempo uma chance clara, chutando por cima do gol, após toque de cabeça de Leandro Damião. González  e Amaya arriscavam de longe, mas Muriel trabalhava com segurança.

O Once Caldas chegou a marcar o terceiro gol, mas foi bem anulado pelo árbitro. Aos 9min do segundo tempo, Pajoy cobrou falta e Muriel deu rebote. Reinoso, em posição de impedimento, completou para o gol.

Time local no desespero facilitava contra-ataques
Os colombianos se arriscavam na tentativa de diminuir a vantagem brasileira e dava espaço para a equipe colorada, que passou a apostar nos contra-ataques. D’Alessandro, Damião e Dagoberto ainda tiveram a oportunidade de garantir a vitória, mas acabaram perdendo as chances. Aos 32min, o perigoso Reinoso  assustou mais uma vez a torcida colorada quando desviou de cabeça e obrigou Muriel a fazer grande defesa, evitando o terceiro gol do time de Manizales.

Com a igualdade no marcador, a vaga estava assegurada. Com inteligência e concentração, o Colorado triunfou no duelo em Palogrande.

D

FICHA TÉCNICA

ONCE CALDAS 2 X 2 INTERNACIONAL

ONCE CALDAS: Neco Martínez; Ramos, Diego Amaya, Acosta e Casierra (Cuero); David Álvarez (Del Valle), Rivas, Mario González; Nuñez, Beltrán (Reinoso), Pajoy. Técnico: Pompilio Páez.

INTERNACIONAL: Muriel, Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Tinga (Elton), D’Alessandro e Oscar (Fabrício); Leandro Damião (Dagoberto). Técnico: Dorival Júnior.

GOLS: Nuñez (O), de pênalti, aos 2 min do 1º tempo; D'Alessandro (I), de pênalti, aos 12 min do 1º tempo; Tinga (I), aos 23 min do 1º tempo; González (O), aos 25 min do 1º tempo.

CARTÕES AMARELOS Nei, Oscar, Muriel (I).

ÁRBITRO: Francisco Chacon.

AUXILIARES: José Luis Camargo e Juan Rangel (México).

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter