CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Vitória fora e invencibilidade mantida

Kelson e Dênio garantiram os três pontos em Rio Grande.

O Riograndense conquistou a sua primeira vitória fora de casa na Divisão de Acesso 2012. Pela quinta rodada da competição estadual, o periquito bateu o lanterna Rio Grande, no estádio Arthur Lawson, por dois a zero na noite deste domingo. Kelson, de pênalti, abriu o placar no primeiro tempo, enquanto Dênio fez o segundo gol esmeraldino na etapa final. O resultado deixa o time do técnico Tiago Nunes na terceira colocação do grupo com nove pontos, única equipe invicta no campeonato.

O objetivo do periquito era buscar os pontos perdidos em casa para o Guarani-VA pela quarta rodada. E desde o apito inicial ficou evidente a postura do time esmeraldino. Tiago Nunes sacou Dênio da equipe, João Cléber foi recuado para o meio campo e David entrou no ataque ao lado de Kelson. Não eram raros os momentos que João Cleber chegava à frente formando um trio ofensivo com os a dupla de atacantes. Começo de jogo movimentado, Riograndense se jogando ao ataque e logo aos 4 minutos, pênalti assinalado de Aguinaldo no centroavante Kelson. O próprio K9 cobrou e abriu o placar no Arthur Lawson, fazendo o seu sexto gol em cinco jogos na competição.

Kelson
O goleador Kelson marcou em todos jogos até agora na competição. (Foto: AI Riograndense)

O periquito seguiu rodando o gol do Rio Grande e após uma tentativa com David, em contra ataque veloz, foi a vez do zagueiro esmeraldino Alex Silveira derrubar Ailon dentro da área. Henri fez a cobrança e Goico, justificando a fama de pegador de pênaltis, espalmou para fora. A defesa fez o time de Santa Maria se impor ainda mais na partida, controlando as investidas do adversário. Aos 44 minutos, o Rio Grande chegou a balançar as redes, mas o assistente Rodrigo Macedo assinalou o impedimento. Henri, meio campo do Rio Grande, revoltando com a marcação agrediu o bandeirinha e acabou sendo expulso. Brigada Militar no gramado e fim do primeiro tempo, um a zero para o Riograndense.

Henri agredi o auxilar
Henri do Rio Grande agridi o auxilar Rodrigo Macedo e é expulso. (Foto:Deyver Dias)

Com uma a mais em campo, mesmo marcando o Rio Grande em seu campo de defesa, o periquito sofreu alguns lances de perigo. Depois de duas bolas no travessão, Goico foi obrigado a fazer outra grande defesa em chute forte de Ailon. Aos 26, mais um gol anulado para o vovô Rio Grande e dez minutos depois foi o Riograndense quem voltou a marcar. Dênio, que havia entrado no lugar de João Cleber, recebeu cruzamento de Pelézinho e de primeira, acertou o ângulo do goleiro Diego. Um golaço dando números finais a partida.

Dois a zero para o Riograndense e primeira vitória fora de casa assegurada. Mais do que isso, a equipe de Tiago Nunes mantém a invencibilidade na competição que já chega a cinco jogos e fica apenas um ponto atrás dos lideres do Grupo 1, o São Paulo-RG e o Brasil-PE. O periquito volta a campo na próxima quinta feira pela Divisão de Aceso, onde enfrenta no Estádio dos Eucaliptos as 16h, o Guarany de Camaquã, de olho na liderança da chave.

FICHA TÉCNICA
RIO GRANDE 0 x 2 RIOGRANDENSE

RIO GRANDE: Diego; Carlão, Valdomiro (Miro), Aguinaldo, Max; Leo Paz, Adebson, Enri, Diego Zapata; Marcelinho (Tiagão), Ailon.
Técnico: Toquinho

RIOGRANDENSE: Goico; Pelézinho, Alex Silveira (Brasa), Reinaldo, Macaé; Odair, Edu Silva, João Cléber (Dênio), Chiquinho; David, Kelson;
Técnico: Tiago Nunes

GOLS: kelson, aos 6min do primeiro tempo, Dênio aos 36min do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Edu Silva e Macaé (Riograndense); Leo Paz, Adebson e Tiagão (Rio Grande)
CARTÃO VERMELHO: Henri (Rio Grande)

LOCAL: Arthur Lawson, Rio Grande
ÁRBITRO: Paulo Jassin Gutiérrez
AUXILIARES: Rodrigo Macedo Guilherme e Itatiã da Silva Nunes

s2Member®