Brasil vence no sufoco

Brasil consegue a virada no último minuto de jogo após cobrança de penalti de Neymar. (Foto: Bruno Santos/Terra)

Com gol de penalti aos 48 minutos do segundo tempo, Neymar garante a vitória da seleção brasileira no primeiro jogo do Super Clássico das Américas e conforta a torcida descontente com Mano Menezes.

A torcida já estava impaciente quando Désabato chegou atrasado no lance e derrubou Leandro Damião na área - além de meter a mão na bola - e o juiz Carlos Arecio Amarilla assinalou penalidade máxima contra a seleção argentina. Neymar bateu forte e virou o placar no Serra Dourada, garantindo uma vantagem para o Brasil no jogo de volta no dia 3 de outubro, em Resistencia, na Argentina.

Brasil consegue a virada no último minuto de jogo após cobrança de penalti de Neymar. (Foto: Bruno Santos/Terra)

Mesmo com a maior posse de bol bola para a seleção de verde-amarela, foram os 'hermanos' azul-branco quem abriram o placar. Aos 19 minutos, Clemente Rodriguez cruzou da esquerda, e o corintiano Martinez dominou e chutou forte, deixando o goleiro Jefferson sem reação.

O Brasil não sossegou. Confirmando a superioridade no volume de jogo, aos 25 minutos, Lucas sofreu falta na direita. Neymar se preparou para a cobrança e não falhou. O craque santista cruzou para área, e o corintiano Paulinho, impedido, desviou de cabeça: 1 a 1.

No segundo tempo de partida a seleção brasileira preserva a superioridade na posse de bola. Mas não encontra espaço para finalizações no gol de Ustari. Até a metade do segundo tempo a torcida ainda estava contida. Até cantava em apoio a seleção local. Mas assim que Mano Menezes começa a fazer trocas na equipe, os quase 37 mil torcedores que estavam presentes no Serra Dourada começaram a descordar da atitude do técnico brasileiro. Primeiro o Brasil passa a ter Thiago Neves na armação. Jádson deixa o campo. Depois, no comando de ataque da seleção, Leandro Damião assume posto de Luís Fabiano. E quando Mano coloca Wellington Nem entra no lugar de Lucas, que estava bem, a torcida protesta demais. São gritos de "Mano burro" e "volta Felipão" ecoando pelo estádio.

A torcida brasileira ficou na bronca com Mano Menzes após tirar Lucas para a entrada de Wellington Nem. (Foto: Bruno Santos/Terra)

E mesmo após as reclamações dos torcedores, a partida continou morna. Só esquentou mesmo aos 39, quando Neymar se estranhou com Braña ao tentar cobrar uma falta com rapidez. E o que parecia um drama para o Brasil se transformou em alegria nos acréscimos. Désabato chegou atrasado no lance e derrubou Leandro Damião na área. Pênalti para a Seleção. Neymar cobrou e garantiu o triunfo brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 2 X 1 ARGENTINA

BRASIL: Jefferson, Lucas Marques, Dedé, Réver e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Jadson (Thiago Neves); Lucas (Wellington Nem), Neymar e Luís Fabiano (Leandro Damião). Técnico: Mano Menezes.

ARGENTINA: Ustari, Lisandro López (Vergini), Sebá Dominguez e Desábato; Peruzzi; Braña, Maxi, Guiñazu e Clemente Rodriguez; Barcos (Funes Mori) e Martinez (Somoza). Técnico: Alejandro Sabella.

GOLS: Martinez, aos 19 minutos do primeiro tempo, Paulinho, aos 25 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Carlos Arecio Amarilla.

AUXILIARES: Rodney Aquino, Carlos Cáceres e Pericles Bassols Pegado Cortez.

LOCAL: Estádio Serra Dourada, Goiânia.

Leia também:

Atleta de Santa Maria é convocada para Seleção Gaúcha

Terceira Copa Santa Maria de Jiu Jitsu será disputada no final deste mês

Melissa Cueto prova seu talento e vence mais uma competição de jiu-jitsu

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter