Surf all the time

 

Aloha!

Depois de alguns dias sem posts aqui no blog, retorno aos relatos e noticias sobre o mundo radical!

Por aqui, em Santa Catarina, pude acompanhar o Oakley Pro 2012, que rolou na praia da Vila em Imbituba, válido pelo Circuito Catarinense de Surf Profissional da Fecasurf. O campeonato que aconteceu no ultimo final de semana, reuniu grandes nomes do surf nacional, como o campeão brasileiro de 2011 Messias Felix, que  liderava o ranking da Abrasp e se vencesse essa etapa levantaria a taça de bicampeão. Mesmo sem as melhores condições de ondas da praia   (Vila já foi palco do WCT) os surfers mostraram que não estavam para brincadeira. Mas foi o capixaba Krystian  Kymerson que encontrou as melhores ondas na final e somou 13.67 pontos contra 12.36 pontos do paulista Renato Galvão, segundo colocado. O garoto que representava Espirito Santo nas ondas catarinenses tem 100% de aproveitamento, pois venceu suas duas competições com maestria. Parabéns, mahalo!

 

Krystian Kymerson quebrando tudo na praia da Vila, Imbituba/SC – Foto: Basílio Ruy / Fecasurf.

 

Lonely Boy , o filme

Fazer um filme não é fácil. Fazer um filme sobre surf muito menos. Exige conhecimento não só sobre equipamentos, mas também sobre os potenciais dos picos envolvidos, as habilidades do (s) surfista (s) e , claro, o feeling certo para acertar os ângulos de filmagem, na edição, na trilha, etc. E o que dizer quando tudo isso se encaixa perfeitamente? Por enquanto é só um gostinho… Mas o trailer ja dá uma ideia do que vem por ai. Lonely Boy é um filme que  mostra a rotina de um freesurfer que viaja o mundo em busca das melhores e mais perfeitas ondas do nosso planeta.  O personagem principal é o surfista Elohe Ali,22 anos, um local de Floripa que viaja pela Indonésia, Tahiti, Maldivas, Peru, Califórnia (EUA) e Brasil.

Segundo o idealizador, produtor e videomaker  Kaleu Wildner a película vai mostrar a busca por tubos  perfeitos e também as longas esquerdas peruanas. Segue o link do trailer e a capa do filme. Vale bastante a pena conferir!

https://vimeo.com/52299170

[youtube]https://vimeo.com/52299170[/youtube]

 

 

SHOTS!

Vocês lembram que no último post eu falei sobre uma maratona de bike na praia do Rosa? Então, o evento que reuniu cerca de 200 ciclistas e diversos percursos foi clicado por alguns fotógrafos e cada um mostrou um pouco do seu olhar sobre a competição e pelos caminhos por onde os atletas passaram. A seguir três fotos tiradas por fotografos diferentes, com olhares distintos sobre o mesmo “objeto” .

 

PDR Bike Marathon por Gabriela Zorer

 

PDR Bike Marathon por André Larrea

 

PDR Bike Marathon por Rafa Amoeda

 

Taj Burrow vence em Santa Cruz

Nem Kelly Slater, nem o lider do ranking Joel Parkinson, nem o australiano Matt Wilkinson foram capazes de parar o também australiano Taj Burrow no O´Neill Coldwater Classic em Santa Cruz, California (EUA). Taj, 34 anos,venceu o conterrâneo Matt Wilkinson, 24, que fazia sua primeira final em etapas do  Tour. Os dois tiraram o Brasil do penúltimo desafio do WT 2012, com Burrow vencendo Gabriel Medina, 18, e Wilkinson derrotando Adriano de Souza, 25, nas quartas de final.

O título de 2012 agora fica restrito  aos três primeiros do ranking: Joel Parkinson, Kelly Slater e Mick Fanning. Como Parko tem 5.200 pontos para trocar em Pipeline, contra 1.750 de Slater, o onze vezes campeão mundial assume a ponta se passar para as quartas de final. A partir daí, se os dois perderem na mesma fase, o título fica para Slater, mas a decisão do título pode acontecer até na grande final entre eles. Já para  Fanning só interessa a vitória no Pipe Masters, desde que Parko não seja o outro finalista e Slater não tenha passado para as semifinais.

Taj Burrow é campeão em Santa Cruz, Califa (EUA). Foto: Kirstin Scholtz / ASP

 

Australiano Taj, 34 anos, comemora a etapa de Santa Cruz. Foto: Kirstin Scholtz / ASP

MAHALO Â NUI!

 

 

Laís Bozzetto é jornalista especialista em Jornalismo Esportivo pela UFRGS. Residente na capital gaúcha há um ano, Laís já trabalhou com diversas modalidades, inclusive com futebol, mas é apaixonada por esportes radicais, praia e tudo que envolva a natureza. Já cobriu alguns dos principais campeonatos de surf e é ela quem vai estabelecer a Conexão Radical do Esporte Sul. Aloha!