Noite de vôlei e homenagens encerra a excursão do Rio do Sul à Santa Maria

Equipes se emicoinaram ao final da homenagem. Foto: Diogo Viedo / EsporteSUL

Se dentro de quadra o segundo amistoso entre a equipe do Rio do Sul, que disputa a Super Liga Nacional de vôlei e a AVF/Totem/Água Schin/Cotrel terminou como o primeiro, com as catarinenses vencendo por 3 set's a zero, o sentimento criado entre as duas equipes fora da disputa com a bola de voleibol, minimizou o resultado e engrandeceu valores além do esporte.

Depois de vencer as meninas treinadas pelo professor Jean-Pierre Chagas Ávila na quarta-feira por 25×09, 25×10 e 25×09, nesta sexta (26/07) quem foi ao Centro Desportivo Municipal (CDM) viu uma AVF mais tranquila em quadra, que vendeu a vitória por um preço mais caro. No final, em 57 minutos, o time de Rio do Sul venceu com parciais de 25x10, 25x08 e 25x16.

AVF mostrou melhor desempenho no segundo amistoso contra o Rio do Sul. Foto: Diogo Viedo / EsporteSUL
AVF mostrou melhor desempenho no segundo amistoso contra o Rio do Sul. Foto: Diogo Viedo / EsporteSUL

O jogo:

Com Brenda, Ana Paula, Carol Gomes, Carol Garske, Manoela e Aimee, a equipe santa-mariense iniciou bem o jogo. As comandadas de Jean trabalharam boas jogadas mas não conseguirar conter o poder ofensivo das adversárias que se preparam para mais uma Super Liga, e abriram boa vantagem.

Mesmo atrás no placar, a AVF mostrou-se mais à vontade em quadra e impôs resistência à equipe de Santa Catarina, como no rally que determinou o décimo nono ponto do Rio do Sul, após 5 trocas de ataques e em bloqueio de Ana Paula já na reta final do set. No fim, em 21 minutos de bola em jogo, 25 a 10 para as visitantes.

2° set

Depois da conversa com o treinador no intervalo, a AVF começou o segundo set melhor. Mais concentrada, o time de Santa Maria equilibrou as ações nos pontos iniciais mas logo em seguida teve dificuldades na recepção dos potentes e venenosos saques das rivais. Sem conseguir se livrar do bloqueio do Rio do Sul, que teve a gaúcha Natiele como destaque, a AVF logo viu o controle do placar se distanciar. Com um ritmo mais forte, o time catarinense fechou 25 a 8 em 15 minutos.

O bloqueio santa-mariense funcionou no terceiro set. Foto: diogo Viedo / EsporteSUL
O bloqueio santa-mariense funcionou no terceiro set. Foto: diogo Viedo / EsporteSUL

3° set

No último set, o mais disputado, belas jogadas e uma grande evolução da AVF/Totem/Água Schin/Cotrel justificaram o ingresso. Com Carol Garske virando quase todas e Ana Paula pontuando com bloqueios, o time da casa chegou a liderar o marcador por 6 a 5. Com Patrícia em quadra, o time disputou ponto a ponto até a metade do set. Mesmo marcando seis pontos em bloqueios, as meninas da Associação Voleibol Futuro acabaram sucumbindo novamente, desta vez por 25 a 16, em 21 minutos.

Após o jogo, a AVF retribuiu a homenagem feita no dia 1° de fevereiro, quando o time do Rio do Sul enfrentou a Unilever, do Rio de Janeiro, pela Superliga feminina.

Por Diogo Viedo, em 26/07/13.

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter