Com nomes experientes e de qualidade, disputa por vaga no ataque do Riograndense promete ser acirrada

Ainda falta um bom tempo para a bola rolar pela Divisão de Acesso 2014, mas o técnico do Riograndense, Luciano Corrêa, já deve estar quebrando a cabeça para resolver o chamado bom problema no ataque do Periquito. Com o anúncio de Tiago Duarte na manhã desta sexta-feira, são oito nomes confirmados pelo clube para o setor ofensivo. Atletas experientes ao lado de jovens emergentes que prometem esquentar a briga por uma vaga no ataque esmeraldino.

Para ocupar a vaga de camisa 9, como homem de referência no ataque, além de Tiago Duarte que também desempenha essa função, o clube conta com os centroavantes Raphael Paraíba, com 23 anos e 1m91cm, e também o experiente Jajá, de 27 anos e 1m89cm e que em 2012 foi um dos artilheiros da Divisão de Acesso com 14 gols.

jajá_1
Jajá chega com a credencial de ter sido um dos artilheiros da Divisão de Acesso de 2012. (Foto: Divulgação RFC)

Outros dois atletas com mais experiência entre os nomes do setor ofensivo da equipe são os atacantes Felipe Oliveira e Giovani. Felipe Oliveira, com 34 anos, um dos mais velhos do elenco, deixou a sua marca de artilheiro em competições nacionais e estaduais defendendo o Figueirense, Marcílio Dias e Imbituba. Já Giovani, de 30 anos, que já defendeu em duas temporadas a camisa do Riograndense, volta ao clube depois de ser um dos destaques da campanha que deu o título da Terceira Divisão ao Tupi, de Crissiumal, onde anotou dois gols decisivos nas finais contra o Nova Prata.

felipe_oliveira
Atacante Felipe Oliveira é um dos mais experientes do grupo esmeraldino. (Foto: Divulgação RFC)

Completando a lista de atacantes à disposição do técnico Luciano Corrêa estão três jovens promissores. Fabiano Veiga, atleta de 25 anos, atacante rápido, ambidestro e de boa finalização, atua pelos lados do campo. Já Thiago Maestri, de 23 anos, atleta que teve sua contratação indicada pelo próprio técnico Luciano Corrêa com quem trabalhou no Santo Ângelo, é considerado um atacante habilidoso e de boa movimentação. Há ainda o centroavante Júnior, de 18 anos, jogador que se destacou pela equipe sub-19 esmeraldina na Copa FGF Sub-19 2013 e foi integrado ao plantel principal.

- Conseguimos fechar um ataque forte e falamos dele como toda nossa proposta para a montagem do grupo do Riograndense. Vamos iniciar a pré-temporada com um grupo para brigar pelo acesso e o setor ofensivo comprova isto. Temos jogadores de muita qualidade, dois centroavantes típicos, jogadores de velocidade e de lados de campo. O ataque do Riograndense está pronto para buscar o acesso, e não só o ataque, todos os setores da equipe. Queremos dar ao técnico Luciano Corrêa o grupo ponto para brigar pelo acesso desde o início da Divisão de Acesso. – Salienta o gerente de futebol Ramiro Guimarães.

Por Bruno Tech, 13/12/2013

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter