Inter Sub-23 vence Novo Hamburgo por 2 a 1 no Vale

Inter é líder do grupo A com seis pontos. Foto: Divulgação Inter

Inter é líder do grupo A com seis pontos. Foto: Divulgação Inter

O Internacional Sub-23 venceu o Novo Hamburgo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Estádio do Vale, em confronto válido pela segunda rodada do Gauchão. O time colorado fez 2 a 0 na etapa inicial, com gols do zagueiro Jean. O Nóia descontou com Jonatas Belusso no comecinho do segundo tempo. O resultado mantém o time de Clemer com 100% de aproveitamento na liderança do Grupo A, com seis pontos.

Como visitante no Estádio do Vale

Depois de vencer o São Luiz por 2 a 0 na partida de estreia, no Estádio do Vale, o Inter voltou a atuar em Novo Hamburgo nesta segunda rodada do Gauchão, desta vez como visitante diante da equipe do Vale do Sinos. O técnico Clemer promoveu apenas uma mudança em relação ao time que começou a luta pelo tetracampeonato estadual – Fernando Baiano ganhou uma chance no lugar de Juan.

Jogo pegado

A partida começou em alta velocidade, e foi o time da casa que chegou forte logo aos 3min, em chute desviado de Mazinho de fora da área que obrigou o goleiro Alisson a se esticar todo para buscar no canto esquerdo. A resposta colorada veio no minuto seguinte: o volante Gladestony cobrou escanteio e Jean desviou por cima do gol.

O duelo era bem disputado, com boas chances para ambos os lados, mas lances ríspidos também não faltaram, tanto que até os 25 minutos já haviam sido distribuídos seis cartões amarelos entre as duas equipes. Aos 13min, Luis Henrique afastou a bola com um chutão e manteve a perna esticada, acertando com o violência o peito do lateral-esquerdo Raphinha. No entanto, apesar da entrada criminosa, o jogador adversário nem sequer recebeu o cartão amarelo. E o pior, o lance foi dentro da área e o pênalti também foi omitido.

Aos 15min, Mazinho voltou a levar perigo em chute cruzado que passou perto da trave esquerda. Aos 23min, Mazinho avançou em velocidade pela esquerda e Alisson teve que abandonar a meta para afastar a bola com os pés.

Pelo alto, Jean abre o placar

O gol do Inter surgiu aos 29min, em cobrança precisa de escanteio de Gladestony que o zagueiro Jean saltou no terceiro andar para desviar de cabeça no canto esquerdo do goleiro do Nóia. O gol deu a tranquilidade necessária para o time treinado por Clemer tocar a bola e controlar o jogo.

O Novo Hamburgo cresceu na partida nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 41min, Alisson fez grande defesa e evitou o empate no cabeceio à queima-rpupa de Douglas. Aos 44min, Fred desviou de cabeça um escanteio e e bola passou perto do travessão. Aos 45min, em contra-ataque veloz, Alex Nemetz arriscou de fora da área e a bola saiu à esquerda de Marcelo Pitol.

Colorado faz 2 a 0

Porém, no apagar das luzes da etapa inicial, aos 47min, o Inter ampliou o placar, novamente com o zagueiro Jean. Após cobrança de falta, Pitol não segurou a bola e Jean, dividindo com o zagueiro no interior da pequena área, conseguiu, ainda que sentado, empurrar a bola para o fundo do gol: 2 a 0!

Nóia marca no recomeço

O jogo recomeçou com o Novo Hamburgo pressionando no ataque. Aos 4min, Douglas ganhou pelo alto e cabeceou à direita do gol defendido por Alisson. Um minuto mais tarde, Jonatas Belusso recebeu bom passe e chutou cruzado, rasteiro, para diminuir a vantagem colorada. Aos 7min, Anderson Pico teve grande oportunidade, mas acabou concluindo por cima do gol. Aos 9min, foi a vez do Inter chegar com força, em chute de Aylon que Marcelo Pitol defendeu.

Inter Sub-23 garante mais uma vitória

Após o gol, o Inter procurou se reorganizar em campo para reforçar a marcação. O Nóia voltou a ameaçar aos 21min, em toque de letra de Jonatas que foi defendido por Alisson. Aos 23min, Cláudio Winck soltou uma pancada que Pitol buscou no canto esquerdo.

Aos 28min, Luiz Henrique cabeceou para o fundo da rede, mas o gol foi corretamente anulado por impedimento. Aos 36min, foi a vez de Thales, do Inter, ter o gol igualmente anulado por impedimento, mas desta fez de forma equivocada pela arbitragem. Aos 40min, Cláudio Winck cabeceou com qualidade e a bola raspou a trave direita. Quase o terceiro gol! Aos 43min, mais um gol anulado por impedimento: Bruno, do NH, pegou rebote na pequena área, mas estava em posição ilegal na hora da conclusão. Aos 50min, o último lance da partida. Belusso chutou de longe a bola passou tirando tinta da trave esquerda de Alisson.

"O grupo está de parabéns. Estamos trabalhando duro", disse o volante Rodrigo Dourado.

"Foi um jogo difícil, mas mostramos qualidade contra um time experiente", avaliou o lateral Cláudio Winck.

Inter é líder do grupo A com seis pontos. Foto: Divulgação Inter
Inter é líder do grupo A com seis pontos. Foto: Divulgação Inter

Ficha técnica:

Internacional 2 x 1 Novo Hamburgo

Novo Hamburgo: Marcelo Pitol; Rafael Mineiro (Magno), Fred, Luis Henrique e Peixoto; Preto, Alberto, Mazinho (Bruno) e Anderson Pico (Lucas Santos); Jonatas Belusso e Douglas. Técnico: Itamar Schulle.

Internacional: Alisson; Cláudio Winck, Jean, Thales e Raphinha; Rodrigo Dourado, Gladestony, Alex Nemetz (Alex Santana, aos 24min do 2º tempo), Reis e Fernando Baiano (Murilo, aos 10min do 2º Tempo); Aylon (Ruan, aos 38min do 2º tempo). Técnico: Clemer.

Gols: Jean (I), aos 29 e 47 minutos do primeiro tempo, Jonatas Belusso (N), aos 5 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Aylon, Fernando Baiano, Raphinha, Jean, Cláudio Winck, Alex Santana, Murilo (I); Fred, Rafael Mineiro, Anderson Pico, Jonatas Belusso, Luis Henrique (N).

Arbitragem: Luis Teixeira Rocha, auxiliado por Jorge Bernardi e Leirson Martins.

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Por Raul Pujol, em 23/01/2014 (Fonte: Reprodução site oficial do Inter)

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter