Herói homenageado: vítima da Kiss, Vinicius Rosado, ganha prêmio da Confederação Brasileira de Rugby

Kiss

Após exatamente um ano da tragédia na boate Kiss, dia 27 de janeiro, Vinicius Montardo Rosado, que tinha 26 anos, vítima do incêndio, foi homenageado em São Paulo pela Confederação Brasileira de Rugby (CBRU). O seu pai, Ogier Rosado, esteve presente na cerimônia, na noite de segunda-feira, para receber o prêmio Alma Brasil Rubgy.

O jovem que era atleta do Universitário Rugby, time da cidade, foi um dos heróis daquela noite trágica que Santa Maria nunca mais vai esquecer. Depois de ter saído da boate, Vinícius retornou, e conforme relatos de testemunhas, salvou 14 pessoas do local.

A premiação ocorreu através de votação pela página da CBRU. Em uma mobilização de seus ex-companheiros de time e amigos, Rosado, foi um dos vencedores junto com outro atleta da seleção de Rugby. O prêmio é entregue a quem mais se destaca no país praticando os valores da modalidade, entre eles: companheirismo, coragem e educação.

Vinicius, estava no último ano da faculdade de Educação Física. Seu trabalho de conclusão de curso era sobre o rugby, uma de suas paixões. O jovem também ministrava aula na APAE para menores infratores e para um grupo de idosas em uma vila carente da cidade, além de dar aula em uma academia.

O Campeonato Gaúcho da segunda divisão de rugby ganhou o nome dele Vinicius Montardo Rosado.

Vini tinha o Rugby como um de seus hobbys. Foto: Reprodução
Vini tinha o Rugby como um de seus hobbys. Foto: Reprodução

A palavra do pai sobre o prêmio ao EsporteSUL:

"O Vinicius escreveu uma linda história de vida apesar de 26 anos, e tudo o que está acontecendo é mérito dele, que com atitudes simples fez a diferença para muitas pessoas que conviveram com ele, nos mostrou que a essência da vida está em gestos simples mas feitos com amor, com o coração.

 O Vini nunca discriminou ninguém, era amigo e sempre foi solidário e parceiro. Se  prêmio Alma do Rugby foi para homenagear alguém que praticou esses valores, ele é merecedor, até para que outros jovens possam se inspirar no que ele fez e saibam que podemos mudar um pouco esse mundo basta sermos mais humanos como ele foi!

Só posso ter orgulho de um dia esse cara ter me chamado de pai e agradeço a Deus por permitir conviver 26 anos com uma pessoa especial e iluminada!", Ogier Rosado.

Vejam o vídeo postado no Youtube pelo Alma Rugby sobre a entrega do Troféu Alma Rugby

Por Raul Pujol, em 28/01/2014

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter