Em clube que é trampolim para Europa, dupla santa-mariense inicia novo desafio em busca do sonho da bola

Será com a camisa do Barra F.C. de Balneário Camboriú (SC), que dois destaques criados nas categorias de base do Novo Horizonte, no campo do bairro Medianeira, darão sequência ao sonho de todo menino, de se tornar um jogador de futebol profissional. Comandado pelo grupo alemão Rogon Sportmanagement, um dos 20 maiores agenciadores de atletas do mundo, responsável pela carreira de 43 boleiros em ligas europeias, entre eles o brasileiro naturalizado alemão Kevin Kurányi (Dínamo Moscou – Rússia), Luiz Gustavo (Wolsfburg – Alemanha), Rafinha (Bayern de Munique – Alemanha), Roberto Firmino (Hoffenheim – Alemanha) e o alemão que defende Gana, Kevin Prince Boateng (Schalke 04 – Alemanha), o clube de Santa Catarina é um dos braços da agência na América do Sul, que tem como objetivo exportar brasileiros para a Europa.

Atuando no mercado sul-americano garimpando jovens atletas sem vínculo com grandes clubes, a empresa alemã, que conta com escritórios em Porto Alegre e Florianópolis desde 2006, tem como uma de suas apostas o Barra FC, que acaba de fechar parceria com o santa-mariense Novo Horizonte, clube de categorias de base que faz parte da primeira divisão gaúcha.

Integrantes do grupo treinado por Guilherme Ruy, campeões brasileiros da Copa Coca-Cola em 2013, competição nacional disputada entre 400 equipes e mais de 10 mil jovens atletas de todo o país, a dupla de 15 anos abre caminho para aquele que pode ser o trampolim para uma carreira profissional em alguma das maiores ligas de futebol do velho continente.

Apresentados na última segunda (16/03) no litoral norte catarinense junto ao grupo sub-17 do Barra que iniciou a preparação para a disputa do estadual da categoria, o habilidoso meia-atacante Pedro Guilherme, autor do gol do título do Novo Horizonte na final da Copa Coca-Cola 2013, sobre a AERT do Espírito Santo, no Estádio Mané Garrincha, o mais importante dos 18 anos do clube, e o lateral-esquerdo Fernando Bueno, destaque pela força física e qualidade técnica, deixam para trás a vida de estudante em Santa Maria para buscar o sonho de, quem sabe, chegar a vestir a camisa de um gigante mundial.

– Hoje partimos para uma nova etapa de nossas vidas. Um caminho difícil? Talvez. Mas o caminho que nós escolhemos. Amigos ficarão, familiares ficarão, e darão lugar a saudade. Felizmente a vida nos dá escolhas, caminhos, porém infelizmente muitos desses caminhos são muito complicados, e foi por esse caminho que escolhemos seguir. É claro que sentiremos saudades, mas quem escolheu esse caminho fomos nós e temos que saber lidar com isso. – escreveu Pedro Guilherme em seu perfil no facebook antes de embarcar para Balneário Camboriú.

Pedro Guilherme e Fernando Bueno. Foto: Divulgação/Barra FC

Pedro Guilherme e Fernando Bueno. Foto: Divulgação/Barra FC

A nova parceria, no entanto, não interfere no acordo com o Internacional de Porto Alegre, que segue com a prioridade no encaminhamento dos garotos das agora oito categorias da escola comandada por Ruy Roberto.

– Vamos encaminhar os atletas que não vão ser aproveitados no Inter, que aproveita os meninos muito cedo, com 10, 12, 13 ou 14 anos, no máximo. A ideia deles é o contrário, pegar meninos com 15, 16, 17, prontos. Eles querem botar pra jogar e ganhar mercado. – explica Guilherme Ruy.

Apresentação do elenco do Barra FC no Centro de Treinamento do clube catarinense. Foto: Divulgação/Barra FC

Apresentação do elenco do Barra FC no Centro de Treinamento do clube catarinense. Foto: Divulgação/Barra FC

– Os guris estão sendo pioneiros. Temos uma expectativa muito grande, ter o nome da Rogon por trás, um nome muito forte que a gente acredita que vai dar certo. Claro que eles tem que mostrar serviço, mostrar rendimento, pois junto com o grupo deles tem guris do Brasil inteiro com o mesmo nível. Então é o trabalho do dia-dia lá que vai definir o caminho que eles vão seguir. O Inter hoje aproveita em torno de 5% dos nossos atletas, que é um número muito baixo. Claro que o Inter tem a prioridade, que pega atletas que estão se destacando na sub-11, sub-12, sub-13, mas, precisávamos de uma parceria que colocasse os jogadores no mercado, que é justamente a ideia do Barra. – comemora Guilherme.

Pedro Guilherme em uma de suas arrancadas em velocidade. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

Pedro Guilherme em uma de suas arrancadas em velocidade. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

De acordo com Guilherme Ruy, a aposta nos dois é apenas o primeiro passo na relação com a empresa, que segue atento aos destaques de Santa Maria, já que, para esta temporada, além das seis categorias já existentes, o Novo Horizonte terá em atividade equipes sub-9 e sub-17, esta última para a disputa do campeonato estadual juvenil B da Federação Gaúcha de Futebol.

– Eles foram para avaliação no início do ano e foram aprovados e agora retornam para ficar. O Barra está se estruturando e já manifestou interesse em outros garotos, mas vamos com um passo de cada vez. – complementa o coordenador técnico do Novo Horizonte.

Lateral-esquerdo Fernando seguirá os estudos em Santa Catarina. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

Lateral-esquerdo Fernando seguirá os estudos em Santa Catarina. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

Por Diogo Viedo, em 18/03/2015.

Notícias Relacionadas