CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

A mentalidade vencedora no Pan 2015

esporte e mente

O último dia de disputas dos Jogos Pan-Americanos de 2015 em Toronto, no Canadá,  trouxe a confirmação do Time Brasil no terceiro lugar no quadro de medalhas da competição. À frente das tradicionais Cuba, Argentina e México; e dos emergentes colombianos que avançam, assim como o Brasil, em evolução constante nos seus resultados esportivos.

Este terceiro lugar em 2015 ocorre depois da confirmação dos bons trabalhos feitos na Natação e no Judô, muitos dos nossos ouros vêm dessas modalidades. O voleibol com seus times “b” garantiram a prata nas duas finais, muito mais do que o bronze conquistado pelo nosso decadente futebol masculino. E ainda houve as confirmações óbvias como Arthur Zanetti, na prova das argolas da ginástica, Yane Marques no Pentatlo moderno e as equipes femininas de Futebol e Handebol.

A mentalidade vencedora, tão buscada pelo COB com passos de formiga e insistência desde a década de 1990, passeou por Toronto, vestindo verde-amarelo. Dificilmente deixaremos para trás nos próximos quadros de medalhas americanos e canadenses, porém tão pouco será fácil para a tradição cubana e a emergência colombiana deixarem nossos atletas sem medalhas. Das entrevistas de atletas aos debates oportunizados por dirigentes do COB e das federações presentes no Pan 2015, o discurso foi o mesmo: a intenção de se preparar bem para as Olmpíadas que virão. E isso, o Time Brasil fez muito bem em Toronto, e os resultados sempre buscados com muita vontade e dedicação a cada disputa dos Jogos Pan-Americanos, em 2015 foi confirmado, conquistando 41 medalhas de ouro, 40 de prata e 60 de bronze.

Há uma mentalidade vencedora nos atletas brasileiros, e todos sabem o que desejam. Este é o ponto primordial na busca de qualquer objetivo. Que a estrutura oferecida aos nossos atletas possa dar seguimento a essa construção do pensamento vencedor. E que em 2016 os dias vividos em Toronto nos tragam ouro, prata e bronze no Rio de Janeiro.

IMG_9564Vinicius Geissler é psicólogo formado pelo Centro Universitário Franciscano e Coaching graduado pela SLAC. Atua na área esportiva desde 2013 e escreve nas horas vagas.

s2Member®