Lionel Messi ganha pela quinta vez prêmio de melhor jogador do mundo

Pela quinta vez, Lionel Messi é o melhor jogador do mundo. Nesta segunda-feira (11), o craque do Barcelona e da seleção argentina venceu mais uma Bola de Ouro, prêmio concedido pela Fifa e pela revista “France Football”, superando o brasileiro Neymar, também do Barça, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

Com isso, Messi ampliou sua vantagem como maior vencedor da Bola de Ouro, com cinco taças, quatro delas desde que a Fifa e a “France Football” unificaram suas premiações, em 2010. Em seguida, com três, aparecem o próprio Cristiano Ronaldo, o hoje técnico Zinédine Zidane e o ex-jogador Ronaldo “Fenômeno”.

Messi 1

Messi faz o número cinco com as mãos, em referência ao número de vezes que foi eleito o melhor jogador do mundo. (Foto: Philipp Schmidli/Getty Images)

O craque do Barcelona recebeu 41,33% dos votos, contra 27,76% do atacante do Real Madrid e 7,86% de Neymar, terceiro melhor do mundo pela primeira vez. Se teve um 2015 discreto com a Argentina, Messi beirou a perfeição com a camisa blaugrana. Na temporada passada, venceu o Campeonato Espanhol, a Copa do Rei, a Liga dos Campeões da Europa, a Supercopa da Uefa e o Mundial de Clubes da Fifa.

Além disso, foi artilheiro da Champions, com 10 gols (junto com Neymar e Cristiano Ronaldo), e balançou as redes na primeira divisão espanhola 43 vezes. No ano de 2015 inteiro, foram 52 tentos – de acordo com o site “FutDados” -, mesmo tendo passado dois meses fora dos gramados no segundo semestre.

“Esse é um momento muito especial para mim, estar aqui e vencer uma Bola de Ouro que foi para Cristiano Ronaldo nos últimos dois anos”, declarou Messi, sempre contido, após receber o prêmio das mãos de Kaká, último brasileiro a ser eleito o melhor do mundo. Mulheres – Entre as mulheres, a grande vencedora foi Carli Lloyd, dos Estados Unidos e do Houston Dash, que conquistou a Bola de Ouro após ter levado seu país ao título da Copa do Mundo Feminina de 2015, quando foi eleita também a melhor jogadora do torneio.

Ela teve 35,28% dos votos, contra 12,60% de Célia Sasic (Alemanha/1.FFC Frankfurt) e 9,88% de Aya Miyama (Japão/Okayama Yunogo Belle). Seleção e técnicos – Além disso, a Fifa apresentou a sua “seleção do ano”, que é formada por Manuel Neuer (Bayern de Munique); Daniel Alves (Barcelona), Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Luka Modric (Real Madrid), Paul Pogba (Juventus) e Andrés Iniesta (Barcelona); e Neymar (Barcelona), Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

Com seu futebol fortemente questionado desde a goleada de 7 a 1 para a Alemanha na Copa de 2014, o Brasil é o país com o maior número de jogadores entre os 11 melhores de 2015: quatro. Já Jill Ellis (Estados Unidos) e Luis Enrique (Barcelona) foram escolhidos como melhores treinadores de futebol feminino e masculino, respectivamente.

Por Bruno Tech, via Agência ANSA, em 11/01/2016

Notícias Relacionadas