Piloto Rafael Bertagnolli está de volta às pistas

O principal nome santa-mariense da motovelocidade está de volta as pistas. Nesta quinta-feira, dia 17, em uma grata surpresa para o esporte do Coração do Rio Grande, o piloto Rafael Bertagnolli confirmou o seu retorno as competições oficiais na temporada 2016. Responsável em colocar o nome de Santa Maria no topo da motovelocidade nacional nas temporadas de 2012 e 2013, Bertagnolli irá disputar o Campeonato Gaúcho, que tem início no próximo sábado e domingo, dias 19 e 20, em Santa Cruz do Sul, e também ao menos de uma etapa do Campeonato Brasileiro da modalidade.

Depois de ser vice-campeão brasileiro na Moto 1000 GP em 2012 e campeão em 2013 da categoria 600cc, o piloto santa-mariense foi obrigado a se afastar das competições nos últimos dois anos por falta de apoiadores. Em novembro de 2015, por conta e força própria, Bertagnolli participou apenas da sétima e penúltima etapa do Moto 1000 GP, em Santa Cruz do Sul, onde terminou na sexta colocação. Apesar do bom resultado e esperança em voltar a competir em 2016, a falta de incentivo das empresas locais ia mais uma vez tirando um dos maiores talentos da motovelocidade gaúcha das pistas.

Foi então que a metalúrgica Agrosserrana, da cidade de Arvorezinha, se aproximou de Rafael Bertagnolli. No mês de fevereiro, a convite de um dos donos da empresa, o piloto realizou um treino no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. Após uma grande exibição onde mostrou todo o seu talento, veio a proposta de patrocínio que viabilizou o retorno do santa-mariense ao mundo da velocidade.

– Já tinha jogado a toalha, já tinha desistido de andar em 2016 por questões de patrocínio, estava mais uma vez muito difícil. Aí do nada, um amigo meu me convidou para fazer um treino em Santa Cruz do Sul com a moto dele. Fazia quatro meses que estava parado e fui lá e andei. Ocorreu que depois deste treino, que foi muito bem sucedido, eu tive uma proposta de patrocínio dele mesmo, um proprietário de uma empresa de Arvorezinha. Ele me colocou condições de poder correr o Campeonato Gaúcho deste ano. Então é com grande felicidade que estamos voltando a andar, começar tudo do zero de novo, mas com um grande empenho, se não até maior. – Menciona Rafael Bertagnolli, que vai atrás em busca bicampeonato estadual.

Bertagnolli. Mauricio Barbosa

Ao ceder uma motocicleta da marca Triunph Daitona, de 675 cilindradas, e mais jogos de pneus, a empresa Agrosserrana se tornou a principal apoiadora de Rafael Bertagnolli. (Foto: Maurício Barbosa)

E Bertagnolli já começa a acelerar sua novo moto neste próximo final de semana, em Santa Cruz do Sul, na etapa de abertura do Campeonato Gaúcho de Motovelocidade. No sábado, dia 19, o piloto entra em ação pelos treinos livres e cronometrados. Já no domingo, dia 20, às 12h20min, ocorre a largada da prova oficial da categoria 600cc.

– Vamos para cima. A concorrência no Campeonato Gaúcho vai ser grande, mas vamos embora, com calma, com bastante vontade e muito foco atrás do pódio. Creio que consigo brigar pelo pódio. O Autódromo de Santa Cruz do Sul é uma pista bem prazerosa de andar, bem técnica, onde muitos pilotos de fora vem aqui e sentem uma enorme dificuldade de andar porque ela é diferente, mas me sinto bem ali. É um traçado muito legal. A felicidade em retornar é ser grande. – Afirma o piloto santa-mariense.

Bertagnolli. Mauricio Barbosa

Objetivo de Bertagnolli na temporada é participar das seis etapas do Campeonato Gaúcho e disputar a etapa do campeonato brasileiro no dia 25 de setembro no autódromo internacional de Santa Cruz do Sul. (Foto: Maurício Barbosa)

CALENDÁRIO DO GP GAÚCHO 2016:

1 etapa – 19-20 março – Santa Cruz do Sul
2 etapa – 16 – 17 Abril – Guaporé
3 etapa – 27 – 28 Maio – Rivera
4 etapa – 7 – 28 Agosto – Velopark Santa Rita
5 etapa – Setembro – A confirmar
6 etapa – 11 a 13 Novembro – Santa Cruz do Sul (FINAL)

Por Bruno Tech, em 17/03/2016

Notícias Relacionadas