Rafael Bertagnolli volta a Guaporé para a terceira etapa do Gaúcho de Motovelocidade

Pela segunda vez na temporada 2016 o destino do santa-mariense Rafael Bertagnolli será a cidade de Guaporé, na Serra Gaúcha. No próximo sábado e domingo, dias 28 e 29, o piloto sobe em sua Triumph Daitona no veloz autódromo do município para a disputa da terceira etapa do Campeonato Gaúcho de Motovelocidade 2016. Com dois terceiros lugares nas etapas anteriores, Bertagnolli espera diminuir a diferença para os pilotos Sebastian Salom e Pedro de Moraes Sampaio, seus principais adversários na luta pelo bicampeonato estadual da categoria 600cc.

– Vai ser difícil, mas vamos tentar brigar em Guaporé pelas primeiras posições. É uma pista de alta velocidade, tem alguns atalhos, não tenho o costume de andar lá, mas vamos para tentar fazer o melhor possível. – Diz Rafael Bertagnolli.

Com equipamentos e condicionamento físico considerado inferiores aos de Sebastian Salom e de Pedro de Moraes Sampaio, conforme argumenta o próprio Bertagnolli, a esperança do piloto do Coração do Rio Grande para conseguir a sua primeira vitória em 2016 passa além do talento, já confirmado nas temporadas anteriores quando chegou a ser campeão brasileiro no Moto 1000 GP, pelas condições climáticas. Com previsão de chuva para sábado e domingo, o santa-mariense espera repetir o desempenho que já demonstrou com a pista molhada nos treinos durante a primeira etapa.

– Temos um deficit de equipamentos em relação aos dois principais concorrentes, sem contar que o Pedro e o Salom estão andando em um nível acima, eles não pararam, deram sequência aos treinamentos e nas corridas, enquanto eu tive um tempo parado e até pegar ritmo e preparo estou “apanhando” um pouco ainda. Estou torcendo que chova, para andar um poucos mais perto e até quem saber brigar ali na frente, incomodar um pouco. Na chuva eu já consegui andar muito bem nesta temporada, obtendo alguns tempos bem rápidos em relação aos dois concorrentes. Na chuva é um pouco diferente, não adianta tu ter muito equipamento e não saber usar. Eu tenho um pouco menos de equipamento, mas conseguimos aproveitar ele um pouco mais na chuva. – Menciona o piloto santa-mariense.

Após duas provas na temporada Rafael Bertagnolli ocupa a terceira colocação do ranking de pilotos da categoria 600cc, com 34 pontos. O santa-mariense terminou em terceiro lugar tanto no GP de Santa Cruz como de Guaporé, válidos pela primeira e segunda etapa do estadual. Como nas demais posições o pódio também se repetiu nas duas etapas, o piloto Pedro Sampaio é o líder da categoria com 50 pontos, seguido pelo argentino Sebastian Salom com 40.

bertagnolli foto o chacal

Rafael Bertagnolli espera diminuir a diferença para os líderes do ranking 600cc do Gaúcho de Motovelocidade. (Foto: O Chacal)

Por Bruno Tech, em 26/06/2016

Notícias Relacionadas