Equipe Santa Maria volta com 14 títulos do Gaúcho e Brasileiro de Esportes de Força

Representada por quatro atletas, a força do halterofilismo de Santa Maria foi responsável por oito títulos gaúchos e outros seis nacionais no Campeonato Gaúcho e no Campeonato Brasileiro de Esporte de Força, organizadas pela Confederação Brasileira de Esporte de Força (CBEF), e que reuniu alguns dos principais atletas do Rio Grande do Sul e do Brasil nas modalidades de supino, levantamento terra, power bíceps e power bíceps repetição, neste sábado (23/07), em Caxias do Sul.

Bicampeão brasileiro na categoria Master 1 até 90 kg no power bíceps repetição, Eugênio Moreira trouxe para casa o tri nacional na modalidade no evento em que faturou quatro conquistas, somadas aos títulos de campeão gaúcho e também o estadual e nacional no power bíceps livre.

Outro que sagrou-se tricampeão foi André Brasil, que competiu na categoria Sênior sub-master até 100 kg e foi o melhor em cinco disputas, garantindo os títulos de campeão gaúcho power bíceps, o seu terceiro, categoria em que também venceu o brasileiro, power bíceps repetição, supino livre, supino repetição.

– Faça parte do Clube EsporteSUL

Já Altemir Fontoura, foi o campeão gaúcho na Master 1 acima de 100 kg no supino repetição e livre e ainda ganhou o título brasileiro pela terceira vez de maior peso levantado em supino ao levantar 197 kg.

A única atleta feminina da Equipe Santa Maria de Esportes de Força, Vanessa Brasil, fechou a campanha vitoriosa do time com a conquista de campeã brasileira nas modalidades supino e power bíceps.

Em setembro, eles voltam a Caxias do Sul para competir na seletiva para o mundial de Esportes de Força 2017, que será realizado em Orlando, Flórida, Estados Unidos.

– É um presente para nossa Santa Maria, apesar de enfrentarmos tantas dificuldades. – desabafa Eugênio Moreira, que sonha com um cenário mais favorável ao esporte dentro da cidade.

– Muitas vezes não temos patrocínio e temos que nos virar do próprio bolso, uns ajudando o outro. Já passamos frio e fome e dormimos em rodoviárias em campeonatos anteriores e outras muitas dificuldades que passamos no dia-dia, não só no nosso esporte mas também muitos outros atletas de outros esportes. – concluiu o tricampeão brasileiro, líder da equipe.

Eugênio, Altemir, André e Vanessa. Foto: Divulgação

Eugênio, Altemir, André e Vanessa. Foto: Divulgação

 

Por Diogo Viedo, em 24/07/2016.

Notícias Relacionadas