Riograndense define o seu novo patrono

Título e honraria de extrema importância e prestígio dentro de qualquer instituição futebolística, o novo patrono do Riograndense foi nomeado no entardecer desta segunda-feira, dia 10, após uma reunião entre figuras célebres da história esmeraldina. Por unanimidade, os dirigentes presentes no Estádio dos Eucaliptos aprovaram a concessão do diploma de patrono da temporada 2017 ao atual diretor de eventos do clube, João Carlos Provensi, empresário que desde 2008 trabalha em prol do Periquito.

- Recebi esta notícia com muita emoção e com muita honra. É um grupo selete de pessoas que chegam a este título dentro de um clube que é centenário e que é muito respeitado dentro do município, estado e também no país. É um clube centenário, com uma história muito bonita com os ferroviários e toda Santa Maria. Eu como uma pessoa simples fiquei muito surpreso, sou mais do que chamamos de serviço braçal, aí me dão um título desse tamanho. Isso só me faz gostar mais do clube, trabalhar ainda mais por ele. É uma satisfação muito grande fazer parte desse rol de pessoas que são muito importantes, queridas e dão um norte para mim. - Afirma João Provensi.

joão provensi
João Provensi foi nomeado o novo patrono graças aos seus inúmeros esforços à serviço do clube nas últimas temporadas. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Natural de Casca e há vinte e oito anos residente no Coração do Rio Grande, o conselheiro João Provensi já desempenhou funções em diversas pastas da diretoria do Periquito. Entre os quase de dez anos de serviços prestados o novo patrono foi assessor do departamento de futebol, departamento de marketing, diretor de finanças, diretor de campo além de ser também integrante do conselho fiscal.

Desde 2010, ano em que o cargo rotativo foi instituído pelo patrono benemérito esmeraldino Cláudio Zappe, um novo patrono é aclamado a cada temporada. Já receberam tal honraria João Alberto Peripolli, em 2010, Norma Rolim, em 2011, Evandro Zamberlan, no ano do centenário esmeraldino em 2012, Vilmar Pisani, em 2013, Dilson Siqueira, em 2014, Clóvis Franciscato, em 2015, e Marcio Rubin em 2016.

encontro-rfc
Participaram do encontro nesta segunda-feira seis ex-patronos esmeraldinos, Vilmar Pisani, Clóvis Franciscato, Márcio Rubin, Dilson Siqueira, Evandro Zamberlan e Norma Rolim, o patrono benemérito Cláudio Zappe e o presidente do Riograndense José Luiz Coden. (Foto: Maria Angélica Varaschini/Rádio Imembuí)

Por Bruno Tech, em 10/01/2017

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter