Santa-mariense é aprovado na equipe Sub-15 do Grêmio

Ano após ano o sucesso das categorias de base de Santa Maria se evidenciam ainda mais. Com inícios de temporadas recheadas de competições entre os jovens talentos, o Coração do Rio Grande sempre ganha um espaço nas vitrines do futebol nacional ao revelar novos atletas.

A mais nova promessa do futebol santa-mariense a tentar voos mais altos é Eduardo Bitencourt, 14 anos, revelado pelo Novo Horizonte, aprovado na última segunda-feira (09) para ingressar na equipe Sub-15 do Grêmio. Nascido em Santa Maria, Eduardo defende as cores verde e preta há sete anos, quando ingressou no Sub-8 da equipe santa-mariense. De lá pra cá, o pupilo carrega participações em competições como a Copa Cidade Verde, Copa das Missões, Copa Cacique, entre outras. Confirmado para ingressar no grupo Tricolor a partir de março, o atleta fará sua despedida pelo Novo Horizonte durante 12ª Copa Cidade Verde, entre os dias 14 e 21 de janeiro, em Três Coroas.

- A despedida será de uma emoção enorme porque ao longo desses sete anos defendo as cores do Novo Horizonte aprendi muitas coisas que eu não sabia. Sempre levarei o Novo Horizonte no meu coração. Todos os que jogaram comigo, desde o começo até hoje. Sempre tivemos um grupo unido. Será um momento de tristeza e felicidade ao mesmo tempo. Tristeza por estar largando o time que sempre joguei e felicidade por estar indo defender o time do meu coração, mas jamais esquecerei o Novo Horizonte, já que foi o time que sempre me deu oportunidades quando mais precisei - revelou o jovem atleta.

Eduardo Bitencourt em ação com as cores do Novo Horizonte. (Foto: Arquivo Pessoal)
Eduardo Bitencourt em ação com as cores do Novo Horizonte. (Foto: Arquivo Pessoal)

Será a segunda experiência de Eduardo em clubes da capital gaúcha. O atacante que já teve uma curta passagem pelo Internacional, quando defendeu a equipe alvirrubra por cinco meses, terá uma nova oportunidade em Porto Alegre. A possibilidade de jogar no Grêmio, time do coração, começou em novembro com duas etapas de avaliações em Porto Alegre. Junto com cerca de trinta atletas, a primeira etapa foi entre meninos nascidos de 2002 a 1998, em que os melhores foram para outra fase de observação com o grupo de jogadores da base do Grêmio. Em dois meses vivendo e convivendo com a equipe Sub-15 do Tricolor, Eduardo fez do alojamento, em Eldorado do Sul, sua casa.

- Fiquei todo esse tempo longe da família, dos amigos. Não foi fácil, mas hoje posso dizer que a primeira etapa da minha carreira - em se tornar um jogador de futebol profissional - eu consegui, ainda mais sendo o meu time do coração - lembrou Eduardo sobre a difícil missão de ficar longe da família.

Devido ao seu porte físico, o atacante é conhecido nos gramados como Tanque, mas não é só pela força física que Eduardo chama a atenção. Na edição de 2016 da Copa Cidade Verde, em Três Coroas, Eduardo "Tanque" faturou o prêmio de artilheiro da competição na categoria Sub-13 com 7 gols, além de ser considerado o melhor jogador da final, quando a equipe santa-mariense levou o título ao vencer a UNIFAFC/POSTEMAR, do Paraná, na decisão.

Eduardo Bitencourt (direita) exibe as premiações individuais obtidas na Copa Cidade Verde em 2016. (Foto: Arquivo Pessoal)
Eduardo Bitencourt (direita) exibe as premiações individuais obtidas na Copa Cidade Verde em 2016. (Foto: Arquivo Pessoal)

Sobre atuar pelo Grêmio, Tanque trata a oportunidade como um sonho e a chance de conseguir se tornar atleta profissional para a ajudar a família. O atleta ressalta que todo o esforço dedicado aos treinamentos foi recompensado e é o momento de agarrar com as duas mãos essa segunda chance de defender um time de Porto Alegre:

- Tenho um sonho. Não só meu, mas também da minha família. Quero ser atleta profissional para ajudar a minha família. Tudo que faço é pensando neles, no meu pai, na minha mãe e nos meus irmãos. Se Deus quiser um dia estarei lá - ressaltou Eduardo sobre a importância de jogar no Grêmio. - Recebi uma notícia do meu empresário para me apresentar no Grêmio. Uma felicidade enorme por todo o esforço que tenho durante os treinamentos no dia-a-dia. Sempre com humildade e com um bom coração, fiquei feliz pela notícia. É uma oportunidade única. Já tive oportunidade no Inter, acabou não dando certo, e agora é agarrar essa chance do Grêmio com as duas mãos - comenda a jovem promessa santa-mariense - completou a jovem promessa.

Eduardo durante período de testes no Grêmio. (Foto: Arquivo Pessoal)
Eduardo durante período de testes no Grêmio. (Foto: Arquivo Pessoal)

Por Felipe Tubino, em 10/01/2017

 

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter