Fisiculturista Ezequiel Real é convocado para o Mister Olympia Amador, uma das competições mais importantes do mundo

Da frustração de não poder competir no Campeonato Mundial Clássico e Sênior, na Espanha, ao êxtase de ser convocado para uma competição tão importante e prestigiada quanto. Essas foram as emoções vividas entre novembro de 2016 e janeiro de 2017 pelo fisiculturista santa-mariense Ezequiel Real, grande líder da Real Team e referência da modalidade em todo o estado. Nesta quarta-feira, dia 17, quando se preparava para mais uma rotina normal de treinos intensos e consultorias, Ezequiel recebeu a convocação da Confederação Brasileira de Musculação, Fisiculturismo e Fitness para participar da maior competição amadora do mundo da modalidade, o Mister Olympia Amador, que ocorre em fevereiro na Colômbia e é considerado o primeiro passo para profissionalização no esporte.

– Essa convocação me pegou mega desprevenido, realmente não esperava. Agora estou batalhando atrás desse sonho. No caso serão cinco semanas pela frente que serão não só de preparação, mas também de organização financeira para conseguir entrar. Mas é um sonho. É o primeiro passo para se tornar profissional. Para entrar no Olympia Amador é uma caminhada muito longa. O pior percurso para se tornar profissional é aqui no Brasil, fora daqui é muito mais fácil. E de repente tu tem essa oportunidade, batem na tua porta e você tem cinco semanas para se preparar para o maior campeonato que tu já teve na vida. Vou correr com todas as forças que eu tenho atrás disso. Mas é aquela coisa, vou de “olhos fechados”, não sei o que vai acontecer lá na frente. – Comenta Ezequiel Real, que irá competir na categoria Clássico até 1,80m.

ezequiel-real-foto-bruno-tech-1

Ezequiel Real terminou a temporada de 2016 em alta. Santa-mariense foi campeão gaúcho na categoria Overall, terceiro lugar no Arnold Classic Brasil e o campeão brasileiro na categoria Clássico até 1,80m. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

O maior desafio até então da carreira do fisiculturista santa-mariense ocorre entre os dias 17 e 19 de fevereiro na capital colombiana Medelim. No Mr. Olympia Amateur Ezequiel terá concorrentes de toda América do Sul e outros países do mundo. Todos atrás dos bonecos e das vagas para o Mr. Olympia Las Vegas, nos Estados Unidos. Criada em 1965 por Joe Weider, um dos fundadores da International Federation of Fitness and Bodybuilding (IFBB), a competição é tratada como a mais importante do mundo e já coroou atletas ilustres da história da modalidade como Arnold Schwarzenegger, Dorian Yates, Ronnie Coleman, Jay Cutler e Phil Heath.

– Esta competição é como se fosse uma Copa do Mundo. Acontece de quatro em quatro anos, você tem só uma oportunidade para estar no meio dos grandes, atletas bem mais preparados, com mais recursos e você chega ali com o básico. São grandes forças do mundo inteiro. Como é algo tão grande só o fato de colocar o pé lá já é um sonho. – Afirma o santa-mariense.

Assim que recebeu a repentina convocação Ezequiel Real foi obrigado a reprogramar metas e todo seu planejamento para o início de temporada. Além de intensificar ainda mais os treinos, o atleta também terá que ter um périodo de repouso maior do que vem mantendo.

– Por ser uma mudança brusca pro físico eu vou ter que descansar mais e treinar mais. Então o meu trabalho foi por água abaixo. De manhã vou fazer aeróbico, durante a tarde treinar e fim do dia fazer mais um treino ou aeróbico, aí depende da musculatura. Se vai ser um treino mais metabólico, mais corrido, ou um aeróbico, depende também das calorias e como farei a manipulação da dieta. Estava treinando uma vez por dia e agora três. E quanto ao sono estava dormindo de seis a sete horas, agora terei que dormir oito horas no mínimo. – Diz Ezequiel.

Por Bruno Tech, em 18/01/2017

Notícias Relacionadas