Jiu-jitsu santa-mariense brilha no Campeonato Brasileiro X-Combat de Jiu-Jitsu Profissional

A praia de Capão da Canoa, no litoral norte gaúcho, presenciou mais uma vez a força da arte suave santa-mariense. Após faturar mais de vinte medalhas na abertura da Copa Prime 2017, o jiu-jitsu do Coração do Rio Grande foi destaque agora em solo caponense pelo Campeonato Brasileiro X-Combat de Jiu-Jitsu Profissional, competição realizada neste último sábado e domingo, dias 18 e 19, e chancelada pela Confederação Brasileira de Lutas Profissionais (CBLP). Com cinco atletas representando duas academias locais, o saldo final para Santa Maria foi de treze medalhas.

A equipe Thork Jiu-Jitsu foi a principal responsável pela honrarias obtidas para o município. Com quatro atletas em ação no Campeonato Brasileiro X-Combat de Jiu-Jitsu Profissional, a equipe obteve onze medalhas. Destaque principal para o grande líder da Thork, o faixa preta Léo Morosetti, um dos grandes nomes do jiu-jitsu gaúcho. Em Capão da Canoa, Léo foi campeão na categoria Adulto/Pesadíssimo, Absoluto, No Gi Adulto/Pesadíssimo e No Gi Absoluto. Pelo título no absoluto com kimono Léo Morosetti garantiu também um cinturão do evento.

As outras conquistas para a Thork JJ vieram com faixa roxa Thiago Saldanha, campeão na categoria Adulto/Médio, no Absoluto e no No Gi Adulto/Médio. Entre os faixas marrom Gregor Leal foi campeão na classe Master/Pena e vice no Absoluto, enquanto que Franco Thomas foi vice-campeão na categoria Sênior 1/Médio e também vice no NO GI Sênior 1/Meio Pesado.

– Estamos muito felizes. Fomos em quatro atletas competir e voltamos com onze medalhas e um cinturão. Isso mostra a força do jiu-jitsu competitivo da Thork e nos mostra também que podemos estar entre os melhores em qualquer competição. Agora é voltar a trabalhar forte porque tem várias competições uma atrás da outra. Gostaria de agradecer todos os nossos alunos, pois são eles que nos deixam preparados para qualquer batalha, e todos os nossos apoiadores. – disse o faixa preta Léo Morosetti.

thork

Thork fechou sua participação no Campeonato Brasileiro com onze medalhas e um cinturão. (Foto: Bruno Benaduce Mello/Thork JJ)

Quem também voltou para Santa Maria com duas medalhas na bagagem foi a faixa roxa Mel Cueto, da Drill BJJ School e também tratada como uma das principais atletas do estado. A lutadora foi campeã na categoria Adulto/Médio e no Absoluto.

– No Absoluto fiz duas lutas e graças a Deus venci ambas por finalização. A primeira foi com um estrangulamento das costas e a final foi com um arm lock. Infelizmente na categoria não tinham adversárias. Estou feliz com meu desempenho, falta menos de um mês para o Campeonato Mundial então é hora de manter o foco total. – afirma a faixa roxa Mel Cueto.

mel cueto

Mel Cueto garantiu mais dois pódios na carreira. (Foto: Arquivo Pessoal)

Por Bruno Tech, em 20/03/2017

Notícias Relacionadas