ASH e HANDUFSM conhecem adversários e caminhos no Estadual 2017

Terceiro e quarto colocado no Campeonato Gaúcho de Handebol em 2016, a Associação Santamariense de Handebol (ASH/Praxis Active Sports) e o HANDUFSM serão mais uma vez os responsáveis em manter viva a história e pujança do Coração do Rio Grande na modalidade na principal competição masculina estadual. Nesta última terça-feira, dia 28, as duas equipes conheceram os grupos e adversários da edição 2017 do certame promovido pela Federação Gaúcha de Handebol (FGHb). Um caminho semelhante ao da última temporada.

Assim como em 2016, além da ASH/Praxis AS e do HANDUFSM outros cinco times lutam pelo título  do Campeonato Gaúcho de Handebol 2017. São eles: o atual campeão Recreio da Juventude e o APAHAND, ambos de Caxias do Sul, a UFRGS, de Porto Alegre, o Canoense, de Canoas, e o AECB, de Campo Bom.

Com as equipes divididas em dois grupos, a primeira fase do Estadual também será realizada em duas etapas. Enquanto na primeira etapa os duelos ocorrem entre os times do Grupo A e Grupo B, na segunda etapa as partidas acontecem entre os clubes da mesma chave. Avançam para a semifinal os quatro melhores colocados na somatória geral das duas fases.

A primeira etapa do  Campeonato Gaúcho ocorre entre os dias 14 e 16 de julho em Campo Bom e a segunda entre os dias 10 e 12 de novembro, em Caxias do Sul. Já a fase final acontece em dezembro, com local e data ainda a ser confirmado oela FGHb.

Grupos do Campeonato Gaúcho de Handebol 2017:

GRUPO A

ASH/Praxis AS
Recreio da Juventude
Canoenseo

GRUPO B

HANDUFSM
AECB
UFRGS
APAHAND

ASH/Praxis AS

A temporada 2017 já começou diferente para a ASH/Praxis AS. Isto porque depois de quatro anos o técnico Jorge Fernandes, o Capi, deixou o comando da equipe. Por conta disto o fim de 2016 e o início da atual temporada foram marcados por uma reformulação fora das quatro linhas para a equipe, tanto em nomes na comissão técnica como metodologia de trabalho. A beira da quadra estará agora Lucas Machado, ex-goleiro da ASH e que agora encara pela primeira vez a função de treinador.

Já dentro das quatro linhas o elenco que conta hoje com 25 atletas manteve a base vencedora das últimas temporadas, e claro, todo legado deixado por Capi. Confirmando que apesar da baixa do histórico comandante a ASH segue sendo referência estadual, a equipe iniciou a pré-temporada com o vice-campeonato do Circuito Verão Sesc de Esportes, realizado em Torres, no início do mês. Desde então as atenções voltaram todas para as quadras e para a “Era Pós-Capi” da ASH. No foco da equipe, além do Estadual, estão o Aberto de Campo Bom, que ocorre em abril na cidade de Campo Bom, e também a Copa Mercosul, que acontece em setembro em Santa Maria.

– Depois que o professor Jorge deixou o comando da equipe tivemos que fazer uma reformulação total na equipe desde o comando técnico até alguns aspetos que nos vinhamos trabalhando em 2016. Vinhamos com uma filosofia de trabalho diferente no qual estamos implementando em 2017. Eu como treinador não tenho a bagagem no comando técnico conforme o Jorge tem, mas com base nos anos passados e conhecendo as características dos jogadores, vamos tentando moldar uma equipe principal. As expectativas para 2017 são bem animadoras, após essa reformulação agora é treinar valendo, baixar a cabeça e ver o que vai acontecer. Vamos fazer nossas primeiras experiências em Campo Bom, estamos dando um ritmo muito forte para a equipe. O grupo está bem focado, bem unido, alegre e esperançoso. – diz Lucas Machado, o novo técnico da ASH/Praxis AS.

ASH x HANDUFSM (Foto: Divulgação/FGHb)

ASH/Praxis AS foi terceira colocada no Campeonato Gaúcho 2016. (Foto: Divulgação/ASH)

HANDUFSM

Equipe que colocou Santa Maria no mapa do handebol nacional nos anos 70 e 80, o HANDUFSM retomou oficialmente as atividades na temporada 2014. Após estrear no Campeonato Gaúcho em 2016, o elenco universitário vai para sua segunda competição estadual ainda com objetivo de alavancar e fortalecer o projeto da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Sob o comando do técnico César Alcides Gelle, o Cidão, o elenco do HANDUFSM conta hoje com trinta jogadores e desde o início de março passou a realizar a sua pré-temporada de olho no Estadual. A equipe também irá medir forças na Copa Mercosul e em alguns amistosos no estado de Santa Catarina ao longo da temporada.

– O nosso objetivo principal segue sendo a restruturação da equipe. Estamos treinando bastante, já intensificamos nossos treinamentos e a meta sairmos melhor do que no ano passado no Estadual. Queremos mais uma vez ficar entre os quatro melhores, mas quem sabe em terceiro ou segundo. Sempre buscando a evolução gradativa. O nosso grupo é quase o mesmo do ano passado, com nomes de Santa Maria com não muita experiencia e alguns nomes que moram fora da cidade que sempre fizeram parte da nossa equipe e que trouxemos para jogar junto conosco novamente. Contamos com uma mescla de atletas novos com experientes. – comenta o goleiro e auxiliar técnico do HANDUFSM, Rafael Trevisan.

ufsm handebol handufsm

Objetivo do HANDUFSM é melhorar a campanha realizada na última temporada no Campeonato Gaúcho. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Por Bruno Tech, em 29/03/2017

Notícias Relacionadas