Universitário luta até o fim, mas é derrotado em casa pelo San Diego

Não foi dessa vez, mas ao menos não dá para dizer que foi por falta de vontade. Jogando em casa contra o atual vice-campeão gaúcho, o San Diego, o Universitário conseguiu fazer um jogo equilibrado até o fim e chegou a liderar a partida por um período considerável, mas não conseguiu ser páreo ao forte conjunto porto-alegrense e foi derrotado novamente por 19 a 15.

Com a derrota, o Universitário segue na última colocação do Campeonato Gaúcho de Rugby XV, com quatro derrotas em quatro jogos. Em sexto lugar na classificação, o time não possui mais chances de classificação para as semifinais. A despedida do URSM na sua primeira temporada na divisão principal do rugby gaúcho será daqui a duas semanas, no dia 20/05, fora de seus domínios contra o Charrua.

O dia no Parque de Exposições da UFSM foi também marcado pelo 2º Rugby Day. Antes da equipe adulta, os times infantil e juvenil do URSM também entraram em campo. Os juvenis perderam por 17 a 7, enquanto que o time juvenil conseguiu fazer uma partida equilibradíssima, mas também acabou derrotado: 17 a 14. A equipe feminina não atuou.

Universitário fez jogo equilibrado contra o vice-campeão gaúcho, mas segue sem vencer no Gaúcho de Rugby XV. Foto: Felipe Michalski/EsporteSUL

Universitário fez jogo equilibrado contra o vice-campeão gaúcho, mas segue sem vencer no Gaúcho de Rugby XV. Foto: Felipe Michalski/EsporteSUL

O jogo

Com treinador novo, o Universitário foi a campo atrás de uma vitória improvável. E apesar de tecnicamente não apresentar a mesma qualidade que a equipe da capital, o improvável pareceu possível durante alguns momentos. Na etapa inicial, a vontade do time santa-mariense conseguiu se sobrepor à superioridade técnica e o time saiu na frente: em um penal aos 16′ por Anderson Gasparetto, o Universitário abriu o placar em 3 a 0.

Surpreendido, o San Diego não conseguiu reagir. Embora o jogo apresentasse equilíbrio, as melhores chances eram do Universitário. Foi numa dessas oportunidades que a equipe conseguiu ampliar: aos 31′, Lucas Bilhão conseguiu chegar à zona final pelo canto direito. A conversão por Marcos Bedin foi boa: Universitário 10-0 San Diego. O URSM ainda teve outra chance de pontuar no primeiro tempo em um penal, mas a oportunidade foi desperdiçada.

No segundo tempo, o panorama mudou. Após fazer alterações no seu esquema de jogo, o San Diego voltou melhor para a etapa final e não demorou a reagir. Logo aos 2′, falha defensiva do URSM e Erick Dysiuta descontou para o time porto-alegrense. O próprio Erick converteu o chute pós-try: Universitário 10-7 San Diego.

Equipe porto-alegrense reagiu no segundo tempo e conseguiu virar a partida. Foto: Felipe Michalski/EsporteSUL

Equipe porto-alegrense reagiu no segundo tempo e conseguiu virar a partida. Foto: Felipe Michalski/EsporteSUL

Com a dinâmica da partida totalmente alterada, o San Diego não demoraria para virar o jogo: aos 12′, Gabriel Leal anotou try após boa jogada da equipe. A conversão não foi acertada: Universitário 10-12 San Diego.

Abatido, o Universitário não conseguiu reagir. Cinco minutos depois, após se aproveitar de um erro de passe do URSM, Michael Lyford-Pike roubou a bola e correu sozinho para a zona final para ampliar a vantagem. A conversão de Erick Dysiuta foi boa: Universitário 10-19 San Diego. O time azul celeste e preto do Universitário ainda tentou buscar a reação, mas esbarrava na defesa ajustada do adversário.

Aos 33′, briga. Os atletas Gilmar Godoy (Universitário) e Michael Lyford-Pike (San Diego) se desentenderam após uma dividida e iniciou-se um princípio de confusão. O jogo acabou parado e atletas do Universitário invadiram o campo para intervir, mas logo depois o tumulto foi contido. Os dois atletas envolvidos tomaram cartão amarelo e não puderam mais voltar para a partida. O lance em vídeo será analisado posteriormente pelo STJD.

De volta ao jogo, o Universitário, em seus últimos suspiros de inspiração, conseguiu anotar um try já nos descontos: aos 41′, em uma jogada rápida, Guilherme Bandeira anotou a última pontuação do jogo, mas já era tarde demais. Após a conversão mal-sucedida, o jogo foi dado por encerrado.

Por Felipe Michalski, em 06/05/2017

 

Notícias Relacionadas