Inter-SM não resiste e vaga no Gauchão fica com o São Luiz

Com a vantagem de ter vencido por 1 a 0 na partida de ida no último domingo (28/05), o Inter-SM foi até Ijuí com a missão de devolver Santa Maria para o grupo dos maiores clubes gaúchos. Precisando de um empate simples para avançar à final e confirmar a vaga, a equipe treinada por Vinícius Munhoz tinha pela frente uma equipe com apenas duas derrotas em 17 jogos na competição. E, diante da torcida, o São Luiz não decepcionou. Com uma pressão fulminante desde o primeiro apito, o time do noroeste fez o placar que necessitava, venceu por 4 a 1 e roubou a vaga no Gauchão 2018.

São Luiz fez o dever de casa e reverteu a vantagem para ficar com a vaga. Foto: Bruno Tech/EsporteSUL

O jogo

Ciente de que sofreria forte pressão desde o início, o time de Santa Maria, que foi a campo com a mesma equipe que venceu a partida de ida na Baixada, fechou a casa desde o apito inicial e deixou claro que buscaria o trunfo explorando a velocidade e o contra-ataque rápido. E, logo no primeiro minuto, Théo tenta Eduardo, em toque em profundidade, mas ela vai forte.

Na resposta, Jean, Maicon e Gramadense tentam, mas passe também sai muito forte e a bola sai em tiro de meta para o Inter-SM.

Aos 6, após falta de Gonçalves em Eduardo, Chiquinho toca para Ayrton e o Inter-SM quase chega com jogada ensaiada.

Mas, o que os donos da casa queriam, um minuto depois, aconteceu. Após bate-rebate na área do Inter-SM, o centroavante Léo Mineiro pegou rebote e só empurrou! Logo cedo, São Luiz abre o placar e desmancha a vantagem rival.

Precisando agora balançar a rede e apostando nas arrancadas de Théo, o Inter-SM vai se aproximando da área pelo alto. Na primeira tentativa, aos 11, Chiquinho manda na área, a defesa corta parcialmente e Jonatas sobe para ficar com a bola.

Dois minutos depois, Paulo Henrique corta jogada de Ari que limpou dois e entrou na área em velocidade, em mais um momento de perigo provocado pelo time local.

Aos 18, Ronaldinho faz jogada pela esquerda e bate cruzado. O chute fechado, no entanto, para nas mãos de Ian. Em seguida, novamente pelo lado esquerdo, o camisa 10 Ronaldinho Gramadense, ex-Inter-SM, tenta mais uma bola longa, mas manda para fora.

Aos 21 minutos, um lance incrível, que serviu como ensaio para o que os cerca de 250 torcedores do Coração do estado viriam logo a seguir no 19 de Outubro! Em bola levantada por Chiquinho, a bola fica pipocando na pequena área e Thalheimer, de dentro do gol, manda para longe. Quase o empate!

Três minutos depois, o tiro que até então, seria fatal! Eduardo arrasta a marcação desde o meio campo após passe de Ayrton, invade a área pela esquerda e dá passe rasteiro na medida para o pré-destinado Chiquinho escorar no canto esquerdo e empatar o jogo! São Luiz 1 x 1 Inter-SM. O resultado dava ao Inter-SM a vaga com até mais um gol sofrido.

Sem outra alternativa, coube ao time comandado por Paulo Henrique Marques ir pra cima. No primeiro contra-golpe rápido após o gol de empate, Léo Mineiro obriga Ian a fazer defesa milagrosa, em tiro de cabeça à queima-roupa, mas o lance estava anulado.

Depois de assimilar o golpe que passava a obrigar o clube de Ijuí a marcar mais dois gols para ficar com a vaga, uma bola atravessada para Jean concluir quase na pequena área morre fraca nas mãos de Ian, que cai no canto esquerdo.

Em mais uma pelo alto, aos 31 minutos, Thalheimer ganhou pelo alto e cabeceou. Ian, seguro, pegou.

Pouco depois, em novo ataque do São Luiz, Ronaldinho recebe na área e bate forte. Dionatan se joga na bola e bloqueia o arremate muito perigoso.

Aos 36, Xaro bate e Léo Mineiro, impedido, toca de cabeça à direita.

Bem fechado, o Inter-SM quase liquida aos 39 depois de Zé Lucas presentear Eduardo. O camisa 9 avança e rola para Chiquinho driblar um e sofrer a falta do segundo marcador, a um passo da área. O camisa 10 cobra e ela passa muito perto, mas no meio do gol.

Já aos 44 minutos,  Jean Dias recebeu pela direita e cruzou na medida para Léo Mineiro tocar por cima! Lance perigoso, que saiu pela linha de fundo.

Já nos acréscimos, Léo Mineiro domina na área, tenta arrumar, mas Paulo Henrique corta. No rebote do escanteio da esquerda, a bola explode em Prill e quase entra. Inter-SM escapa.

Com os ânimos cada vez mais acirrados, Eduardo acerta Xaro em lance praticamente na linha lateral pela esquerda e confusão começa com os jogadores dos dois times se estranhando. Pela falta, Eduardo leva amarelo, enquanto, Ari (São Luiz) e Ayrton (Inter-SM), por agressões, acabam expulsos.

Segundo tempo

No recomeço, o que se viu foi uma repetição do que aconteceu na etapa inicial: pressão intensa dos donos da casa. E, mais uma vez, surtiu efeito.

Em cobrança de falta, Ronaldinho acerta o canto esquerdo de Ian e coloca o São Luiz mais uma vez na frente, aos 3 minutos.

Com a torcida em ebulição, o São Luiz quase aumenta aos 8, mas Ian faz grande defesa e evita o terceiro.

Mas, não demorou para ser novamente vazado. Aos 21 minutos o gol que derrubaria o Inter-SM surge de um lindo passe de Ronaldinho para Maicon. O lateral direito entra na área e rola para Jean Dias, que é derrubado por trás por Cássio. Léo Mineiro desloca Ian, joga no canto esquerdo e faz o terceiro. Estádio 19 de Outubro explode com o terceiro gol do time de Ijuí. Resultado garante a classificação para a equipe do noroeste gaúcho.

Aos 28 minutos, em uma rara escapada no segundo tempo, Wallan Luan engata a quinta marcha e avança todo o campo para ser puxado pelo pescoço por Gonçalves na frente da área. Zagueiro é expulso de campo.

Na cobrança da falta, Dionatan chuta procurando o ângulo esquerdo, mas joga para fora.

No tudo ou nada, o Inter-SM ainda tentou. Com 41 de jogo, dois lances seguidos que quase resultam em gol! No primeiro, André sobre sozinho, mas não consegue acertar a cabeçada! Logo depois, uma furada por pouco não deixa Felipe Gaúcho na cara do gol.

Mas, o tiro derradeiro que acabou com as esperanças ainda surgiria. Em uma investida pela ponta direita do veloz Jean Dias aos 44 minutos, o camisa 7 aciona Mateus na entrada da área, que fuzila para sacramentar a ida à final. Com a vitória de 4 a 1, o São Luiz está na primeira divisão de 2018.

FICHA TÉCNICA

DIVISÃO DE ACESSO – SEMIFINAL – JOGO DE VOLTA

SÃO LUIZ 4X1 INTER-SM

SÃO LUIZ: Jonatas; Maicon, Gonçalves, Thalheimer (André Bahia), Xaro; Zé Lucas (Mateus), Prill, Ronaldinho Gramadense; Jean Dias, Ari, Léo Mineiro (Tiago Gaúcho). Técnico: Paulo Henrique Marques.

INTER-SM: Ian; Théo, Paulo Henrique, Dionatan, Cássio; André, Marquinhos, Ícaro (Felipe Gaúcho), Chiquinho (Wallan Luan); Ayrton, Eduardo (Adriano Alemão). Técnico: Vinicius Munhoz

ÁRBITRO: Leandro Vuaden

AUXILIARES: Leirson Martins e José Eduardo Calza

GOLS: Léo Mineiro (7 min – 1T), (23 min – 2T) , Ronaldinho (3 min – 2T) Mateus (44 min -2T) (S.L.), Chiquinho (24 min -1T (I)

CARTÕES AMARELOS: Jonatas, Zé Lucas, Mateus, Ronaldinho (S.L); Ian, Paulo Henrique, Dionatan, Eduardo (I).

CARTÕES VERMELHOS: Maicon, Gonçalves, Ari (S.L); Cássio, Ayrton (I).

LOCAL/DATA: Estádio 19 de Outubro (Ijuí), 03/06/2017.

Por Diogo Viedo, em 03/06/2017.

Notícias Relacionadas