Clima de despedida no Estádio Presidente Vargas

Para muitos foi um adeus. Para outros, talvez um até breve. Assim foi o clima de despedida nesta segunda-feira, dia 5, no Estádio Presidente Vargas, dois dias após o Inter-SM perder por 4 a 1 a partida de volta da semifinal da Divisão de Acesso para o São Luiz e de adiar o sonho do retorno para a elite gaúcha. Ainda remoendo a trágica partida no norte do estado, muitos atletas já organizavam seus pertences para deixar a cidade nos próximos dias.

– É um clima muito triste. Acabamos formando um elo muito forte, um grupo muito unido que acaba se tornando uma família. Nos convivemos mais com os atletas do que com as nossas próprias famílias. Mas sabemos que isso acontece, em todos clubes que passamos tem essas situações de despedida. O trabalho foi bem feito e creio que novas oportunidades vão aparecer  para cada atleta, até mesmo aqui no clube.  – comenta o lateral-esquerdo Cássio.

A fraca movimentação na Baixada já evidenciava o ar de abatimento nesta segunda-feira. Fora os jogadores que residem no alojamento, poucos dirigentes e funcionários apareceram na casa alvirrubra. Já por volta das 17h o técnico Vinicius Munhoz, o preparador físico Gustavo Pires, o analista de desempenho André Corrêa, o diretor de futebol Cezar Saccol e o supervisor de futebol Paulo Santos se reuniram com o grupo alvirrubro para se agradecer aos serviços prestados e se despedir dos atletas.

Junto com o clima de adeus, um clima de incerteza também pairou sobre a Baixada. Isto porque a participação do clube na Copa FGF no segundo semestre de 2017 que até então era dada como certa ainda será analisada pela diretoria. Uma reunião nos próximos dias devem definir o futuro alvirrubro e na próxima quinta-feira a diretoria deve se manifestar oficialmente.

Segunda-feira foi de pouco movimento no Estádio Presidente Vargas. Atletas aguardam o acerto de pequenas pendências financeiras para deixarem o clube. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Segunda-feira foi de pouco movimento no Estádio Presidente Vargas.
Atletas aguardam o acerto de pequenas pendências financeiras para deixarem o clube.
(Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Por Bruno Tech, em 05/06/2017

Notícias Relacionadas