Duplas da ASSAMPAR são eliminadas na primeira fase do Estadual de Bocha em Cadeira de Rodas

A Associação Santa-mariense Paradesportiva (ASSAMPAR)/Cruzeiro do Sul amargou os seus piores resultados na temporada neste último sábado e domingo, dias 3 e 4, em Santa Cruz do Sul. Pela terceira etapa do Campeonato Gaúcho de Bocha em Cadeira de Rodas, a equipe santa-mariense foi representada por três duplas e nenhuma delas conseguiu avançar para a segunda fase da competição.

– A terceira etapa do Estadual de Bocha nos mostra que o nível está se elevando cada vez mais. O fato dos atletas da ASSAMPAR terem sido eliminados na primeira fase não significa que tenham jogado mal. Ao contrário, isso nos mostra que cada atleta tem feito um belo trabalho em busca da superação dos adversários e também da sua própria capacidade. Tivemos partidas muito bonitas, ponto a ponto, com aproximadamente uma hora de duração onde centímetros fizeram a diferença, dando muito trabalho para arbitragem. A bocha em cadeira de rodas veio pra ficar. – avalia a bochófila Claudia Ravezzi.

Representaram a ASSAMPAR/Cruzeiro do Sul na etapa santa-cruzense do Campeonato Gaúcho de Bocha em Cadeira de Rodas as duplas Francisco Hoffmann e Vanderson Oliveira, Arquimedes Filho Cezar e Flávio Corrêa e Claudia Ravazi e Adriana Dias.

No dia 29 e 30 de julho a equipe santa-mariense volta a competir em Porto Alegre, desta vez pela segunda etapa da modalidade simples. A próxima etapa da competição de duplas ocorre nos dias 19 e 20 de agosto, também na capital gaúcha.

Claudia e Adriana acabaram eliminadas na primeira fase. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Por Bruno Tech, em 05/06/2017

Notícias Relacionadas