Vice de futebol do Riograndense fala sobre a desistência da Terceirona e o provável licenciamento do clube

Três dias depois do Riograndense encaminhar para a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) um ofício confirmando a sua desistência da Segunda Divisão 2017, onde estava classificado para a segunda fase, o vice de futebol esmeraldino Wolmar Heringer concedeu uma entrevista ao EsporteSUL sobre mais este triste episódio na história centenária do clube.

Wolmar Heringer destacou os motivos que levaram ao Riograndense tomar tal decisão, onde colocou a falta de estádio para mandar seus jogos como principal fator, deixou evidente a distância de alguns diretores na atual temporada, manifestou que o Riograndense deve manter os projetos com as categorias de base, futsal e futebol feminino, e comentou sobre o provável licenciamento do futebol profissional, decisão que só será tomada após o pronunciamento da FGF sobre a desistência da Terceirona Gaúcha,  o que pode gerar uma multa de R$ 10 até R$ 100 mil ou a suspensão por um período de até dois anos, e depois da reunião do Conselho Deliberativo do Periquito, que irá ocorrer ainda nesta semana.

Ouça abaixo a entrevista com Wolmar Heringer, vice de futebol do Riograndense:

Notícias Relacionadas