Sobre Nova Geração e outras aventuras

Uma tarde você chega ao Farrezão, aperta a mão de dirigentes e encontra um grupo cascudo, carimbado por anos de experiência e ciente da história que já alcançou no esporte. Uma boa parceria que começou em março, hoje se encerra com a nota oficial do Presidente Jefferson: o Nova Geração desiste de suas obrigações esportivas.

Sobre a experiência só tenho a agradecer aos dirigentes, em especial Bruno Sacchet e Rafael Martins, os patrocinadores, os colegas de comissão técnica, a torcida e aos atletas. Em especial aos atletas. Um grupo de HOMENS (não no sentido frivolo do genero e sim na honra da maturidade) que se esforçou até onde pode.

Quem me conhece sabe que não costumo reclamar de situações financeiras, salários atrasados ou que fico chorando pelos cantos esperando alguma bolsa. Aliás a passagem pelo Nova Geração foi altamente rentável, principalmente comparada à minha experiência na mesma competição ano passado. Eu pude contar com viagens, refeições e visitas a ginásios expressivos do interior gaúcho.

Mas também não posso ficar apenas na minha experiência, os atletas treinam, se machucam, gastam calçados, quebram caneleiras e precisam de bolas, cones, água e alimentos para treinar. De onde você acha que vem o orçamento para essa manutenção?

Da minha parte profissional só posso agradecer (novamente e novamente) à todos, pois tive liberdade e disponibilidade de todos para empreender minhas tarefas, apresentar palestras e , principalmente debater e estudar o Futsal. Meu desejo é que os rapazes sigam suas carreiras com sucesso e que a equipe se reerga e reconquiste seu espaço, até para poder recolher verbas e acertar o que tem a ver com os atletas.

Mais do que tudo, prevalecerá as amizades que foram formadas e o aprendizado da experiência.

vinicius esporte e menteVinicius Geissler é psicólogo formado pelo Centro Universitário Franciscano e Coaching graduado pela SLAC. Atua na área esportiva desde 2013 e escreve nas horas vagas

Notícias Relacionadas