“Voltei para Santa Maria para, provavelmente, nunca mais sair” confessa Vinícius Zanon

Uma das principais lideranças da equipe dentro e fora do campo, Vinícius Zanon falou sobre a vitória que deu ao time que ele ajudou a fundar em 2009 o quarto título gaúcho na tarde deste sábado (01/07), conquista que marca seu retorno à Santa Maria após três anos atuando pelo São José Istepôs, de Santa Catarina.

Com a experiência de quem já defendeu a seleção brasileira em uma Copa do Mundo, nos Estados Unidos, o melhor jogador do campeonato catarinense de 2016 reconheceu a dificuldade imposta pela forte equipe do Juventude, elogiou o nível técnico da partida e se emocionou ao lembrar do início da trajetória da equipe que hoje mobilizou mais de mil torcedores para ver a grande final no estádio Presidente Vargas. Sem conseguir dimensionar o tamanho de sua satisfação, o camisa 94 de 27 anos manifestou ainda, o seu desejo de nunca mais defender outra equipe de futebol americano no país.

Notícias Relacionadas