Wolmar Heringer é aclamado presidente do Riograndense

Com um final já previsto, a eleição presidencial do Riograndense só seguiu seu roteiro e formalidades. Único nome do pleito, Wolmar Heringer foi eleito o novo presidente do Periquito para o mandato tampão até junho de 2018. O ex-ferroviário de 62 anos foi aclamado para ocupar o cargo aberto após a renúncia de José Luiz Coden, no início de julho. O pleito foi realizado na noite desta quinta-feira, dia 10, no Estádio dos Eucaliptos, e contou com a presença de conselheiros e torcedores esmeraldinos.

– Vou encarar este desafio como sempre encarei as tarefas que me deram no clube. Ajudando o clube, ajudando o Riograndense. Em primeiro lugar vem o Riograndense Futebol Clube. Temos que ajudar as entidades que gostamos. Mas esse um ano que for trabalhar à frente do clube não vou ser o presidente, nós todos é que vamos, somos um grupo grande. É o clube que tem que ter êxito, não é o Wolmar. E o clube tendo êxito a sociedade toda de Santa Maria ganha. – manifestou o novo presidente Wolmar Heringer minutos após a sua aclamação.

Como já havia sido costurado nos bastidores do clube, Wolmar Heringer irá comandar o Riograndense pelos próximos dez meses. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

O novo presidente é mais uma figura conhecida da torcida. Torcedor do clube desde criança, Wolmar Heringer é sócio do Periquito desde 2002, ano em que passou a prestar serviços ao Riograndense. Entre os muitos cargos e funções ocupadas, o ex-maquinista presidiu o Conselho Deliberativo entre 2012 e 2016 e foi vice-presidente de futebol no primeiro semestre de 2017, quando foi nomeado justamente pelo seu antecessor no posto de mandatário, José Luiz Coden.

Como o clube esmeraldino está afastado dois anos do futebol profissional graças a punição imposta pela FGF pela sua desistência da Terceirona Gaúcha, o foco do mandato tampão de Wolmar Heringer será mesmo nas categorias de base e principalmente na remodelação do Estádio dos Eucaliptos. Já nesta sexta-feira, em seu primeiro ato como novo presidente, Heringer irá se reunir com um grupo de conselheiros para debater sobre o projeto da reforma e adequações da casa esmeraldina.

– A nossa prioridade é trabalhar junto com o Conselho Deliberativo para a liberação do estádio e continuar uma categoria de base forte, firme e operante. – diz Wolmar Heringer.

 

Notícias Relacionadas