Revelado em Santa Maria, jovem goleiro está perto de virar profissional no Corinthians

Chegar a um clube grande e se transformar em um jogador profissional é uma das missões mais almejadas e concorridas em um país que respira futebol como o Brasil. É esse o caminho que vem trilhando Maltos Becker, mais um ex-atleta do Novo Horizonte que hoje se aproxima de transformar o sonho em realidade, agora defendendo as cores do Corinthians.

Revelado em Santa Maria, o jovem goleiro de 17 anos que se transferiu para o Internacional de Porto Alegre logo após ser destaque no Estadual sub-12 pelo clube santa-mariense em 2012, ganhou projeção no colorado onde ficou até o final de 2014, ano em que foi convocado duas vezes para a seleção brasileira, antes de acertar sua ida para o clube do Parque São Jorge no início de 2015.

Titular do time sub-17 treinado por Marcos Soares, o gaúcho de Capão do Cipó, que já acumula no currículo os títulos de campeão gaúcho em 2014 e Copa Dadazinho (Inter), além da Copa do Brasil sub-17 em 2016, já pelo time paulista, nesta semana foi chamado mais uma vez para integrar o grupo profissional comandado por Fabio Carille, líder do Brasileirão.

- Fui a primeira vez no começo do ano passado e tenho ido de vez em quando. Aí essa semana, como o terceiro goleiro quebrou a mão (Caíque França), me chamaram para integrar essa semana o profissional. - conta o goleiro de 1,87 m.

Com contrato de formação válido até a próxima temporada, Maltos busca inspiração para assinar seu primeiro vínculo profissional no ídolo Alisson, titular da seleção brasileira que é velho conhecido e carrega o mesmo sobrenome Becker, com quem chegou a conviver nos tempos de Beira-Rio.

- Tive a oportunidade de treinar também com ele nos profissionais do Inter. Ele é uma pessoa fantástica, me tratou muito bem quando subi pra treinar no profissional do Inter em 2014 e me segue nas redes sociais. Conversamos muito quando ele ia jogar com o sub-23 do Inter, no tempo em que o Muriel era titular. - relembra sobre a convivência com o goleiro que atualmente defende a Roma-ITÁ.

Vivendo uma experiência única em treinar com o agora também goleiro da seleção Cássio, outro gaúcho, Maltos não esconde a satisfação pelo que vem acontecendo em sua ainda recente carreira e comemora a oportunidade que vem recebendo em São Paulo.

- Foi uma felicidade enorme, sonho de qualquer moleque é de treinar com ídolos do futebol brasileiro. Óbvio que ainda é só o começo e que tem muito ainda pela frente. Meu objetivo como todo o jogador aqui da base do Corinthians é subir para o profissional definitivo. Mas, com calma, passo a passo, eu chego lá, e sempre treinando forte diariamente. - projeta.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2017/08/maltos.jpg" image_height="600" desc="Ao lado de Matheus Vidotto e Cássio, Maltos (dir) treina no CT Joaquim Grava. Foto: Divulgação/SCCP"][/vc_column][/vc_row]

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter