Em Curitiba, ASENA inicia a disputa do Campeonato Brasileiro de Canoagem

A equipe da Associação Santa-mariense de Esportes Náuticos (ASENA) já está em Curitiba onde disputa neste final de semana o Campeonato Brasileiro de Canoagem. A competição, que acontece de quinta (31/08) à domingo (03/09), reunirá na capital paranaense 433 atletas de 41 associações e clubes de canoagem de todo o Brasil e será disputado nas categorias Infantil, Menor, Cadete, Junior, Sênior, Master, além da Paracanoagem.

A ASENA, liderada pelos irmãos multicampeões Gilvan e Givago Ribeiro, tentará manter o histórico recente de bons resultados nas provas que serão disputadas no Parque Náutico Iguaçu. Além dos irmãos Ribeiro, a equipe também será representada por Alexandre Stanque e Mariane Silva na categoria Sênior. Cristina Ribeiro disputará a categoria Master, enquanto Weslyn Schiefelbein rema na categoria Junior.

Completando o time do coração do Rio Grande estão Felipe Fernandes, Daniel Machado e Dieferson Espíndola na classe Cadete. Bruna Martins, Emili Silva, Gabriel da Rosa, João Henrique de Almeida, Vitor Schneider e Cauã Rodrigues competirão na categoria Menor, seguidos de Luiza Souza Silva e Gustavo Silva dos Santos remando na Infantil.

– A ASENA renovou por completo a equipe, dando uma cara nova à todas as categorias. A aposta é na renovação. Esperamos que eles possam conquistar algumas medalhas bem qualificadas, um ouro, uma prata talvez, para que voltem com mais determinação para seguir trilhando o caminho até a categoria principal. Outra aposta é na Mariane, para retornar à Seleção Brasileira, poder representar Santa Maria e o Brasil nas provas internacionais no próximo ano. – afirma Givago Ribeiro, diretor de projetos da ASENA.

A ASENA vai à Curitiba em busca de medalhas no Campeonato Brasileiro de Canoagem. (FOTO: Divulgação ASENA)

Na última edição do campeonato, em 2016, a ASENA somou um total de 19 medalhas. Destaque para Gilvan Ribeiro, que venceu nada menos do que sete provas, e fechou a sua décima quinta participação na competição nacional como o maior medalhista do evento. Pela principal categoria, a sênior, foi o melhor em três das quatro provas individuais (500, 1000 e 5000 metros). Na prova de 200 metros, ficou atrás de seu companheiro nos Jogos Rio 2016, Edson Silva.

Além dos sete títulos, Gilvan ficou com o vice-campeonato em outras três provas, números alcançados após mais de 20 provas disputadas em um período de quatro dias. Givago Ribeiro, com duas medalhas de ouro e duas de prata, e Mariane Santos, com duas medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze, fecharam a coleção santa-mariense, que somou um total de 11 títulos, sete vice-campeonatos e um terceiro lugar.

Confira as provas que terão atletas da ASENA:

Cristina Ribeiro: K1 Super Master 500 m; 200;
Gilvan Ribeiro: k4 500 m; k4 200 m
Alexandre Stanque: K2 1000 m; k2 500 m; k2 200 m (com Givago) e k4 500 m ; k4 200 m.
Givago Ribeiro: k4 500 m; k4 200 m (com Gilvan, Roberto Maheler e Airton Rodrigues).
Mariane Silva: k1 500 m; k1 200 m ; k2 500 m, k2 200m , (com Regiane Sarango) e K4 500 m, k4 200 m; (misto).
Weslyn Schiefelbein: k1 1000 m; k1 500 m; k1 200 m. K2 1000 m, k2 500 m, k2 200 m; K4 500 m e K4 200 m.
Felipe Fernandes, Daniel Machado e Dieferson Espíndola: k1, k2 (1000 m; 500 m; 200 m) e k4 500 m e k4 200 m.
Luiza Souza Silva e Gustavo Silva dos Santos: K1 500 m; k1 200 m.
Bruna Martins, Emili Silva, Gabriel da Rosa, João Henrique de Almeida, Vitor Schneider e Cauã Rodrigues: K1 e k2 1000 m; 500 m e 200 m; mais k4 500 m e k4 200 m.

Notícias Relacionadas