Experiente dirigente deve ser aclamado presidente do Inter-SM

Após a saída do presidente Heriberto Marquetto, que esteve à frente do Inter-SM durante as últimas quatro temporadas e comandou um trabalho de saneamento de dívidas que resultou na quitação de mais de 50 ações trabalhistas de um montante acima de R$ 3 milhões, nesta quinta-feira (31/08), será apresentada uma chapa disposta a assumir a direção executiva do clube para os próximos dois anos.

Com as finanças quase zeradas e com a boa impressão deixada na Divisão de Acesso 2017 quando chegou até a fase semifinal da competição que garantiu a vaga ao Gauchão 2018 aos finalistas, o novo grupo que será oficializado para o possível pleito de outubro deve ser aclamado por unanimidade pelos conselheiros aptos a voto. E com justiça. Afinal, representando a continuidade no trabalho de Marquetto, o nome que deve ser confirmado como postulante a presidente é um dos colaboradores mais antigos e ativos do Alvirrubro da Baixada.

Aos 75 anos, o empresário Luiz Cláudio Mello, que já ocupou o cargo de presidente pelo menos em outras quatro oportunidades, e mais recentemente como vice de futebol em 2014, no retorno de Marquetto à presidência, foi convencido a mais uma vez assumir a condição de chefiar os trabalhos na Baixada, ao lado de Adelar Tâmbara, diretor de patrimônio do clube na última gestão.

Mello alia experiência e bom relacionamento para dirigir o Inter-SM. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

Um líder experiente, conhecedor profundo do futebol do interior e com uma destacada capacidade de trabalhar em equipe, Mello voltará em um momento bem mais tranquilo em relação ao seu último mandato, quando foi obrigado a renunciar por falta de recursos e principalmente apoio em outubro de 2013, que acabou resultando em uma grande mobilização interna que culminou com a reaproximação de Marquetto e seus principais aliados.

É a continuidade da filosofia de trabalho pautada no comprometimento com os compromissos, pés no chão e planejamento, tão bem aprimorada pelo antecessor Marquetto. Com equipes de base reativadas e até mesmo um trabalho de observação e formação do grupo para a próxima temporada já em andamento, já que o técnico Vinícius Munhoz já está confirmado para a Divisão de Acesso 2018, além da supervisão de Paulo Santos, Mello tem tudo para continuar aproximando o Esporte Clube Internacional de voltar a figurar no lugar que ele sempre mereceu e que faz todo alvirrubro sonhar a cada início de ano.

Diogo Viedo é gaúcho de São Gabriel e vive em Santa Maria desde os 17 anos. Jornalista desde 2010 e editor do EsporteSUL, é lateral-esquerdo em todas as peladas que joga e nunca assa o churrasco nas reuniões com os amigos.

Notícias Relacionadas