Soldiers vence campeões paranaenses e está entre os oito melhores do Brasil

O Santa Maria Soldiers alcançou na tarde deste sábado (14/10) mais um feito histórico no futebol americano brasileiro. Em sua primeira participação na elite da modalidade do país, os santa-marienses já estão entre as oito melhores de todo o Brasil depois de vencer o Paraná HP por 9 a 0, com touchdown de Douglas Elesbão e Field Goal de Santana no estádio Presidente Vargas, que deu aos atuais bicampeões gaúchos a primeira vaga na decisão de Conferência Sul da BFA (Brasil Futebol Americano).

Com a vitória sobre os também bicampeões estaduais, a sexta em sete jogos na competição, o Exército aguarda a decisão entre Timbó Rex x Coritiba Crocodiles, que se enfrentam neste domingo para saber onde será a final regional da Conferência, marcada para 28 ou 29 de outubro. Caso o Coritiba vença, a grande final que definirá o representante dos três estados do sul do país na semifinal nacional será novamente em Santa Maria.

O jogo

Com o direito de realizar a primeira campanha, os visitantes começaram assustando a torcida de pouco mais de 150 presentes no Pavilhão da Baixada. Com boas corridas executadas pela forte linha de Wide Receiver’s , o Paraná HP conseguiu avançar até a linha de 20 jardas ofensivas até ser travado pela defesa do Soldiers. Próximo da zona de pontuação, os paranaenses tentaram abrir o placar com uma tentativa de conversão de Field Goal, sem sucesso.

Já o Soldiers, em seu primeiro ataque, viu sua chance de pontuar morrer em uma interceptação na faixa de 30 jardas. No retorno da defesa ao campo, os donos da casa obrigaram o Paraná a devolver a bola no que seria a partir dali, um festival de tentativas frustadas de avanço dos ataques, encerradas com punt’s para os dois lados.

Em sua quarta campanha, já no segundo quarto de partida, o Soldiers conseguiu a primeiro grande vitória dentro de campo que animou a torcida, quando Busanello rompeu tackles pelo meio e conquistou um first down no meio de campo, mas que acabou não confirmando uma aproximação da zona de pontuação.

Na sequência, a primeira boa chance para o Exército surgiu após punt perfeito de Fabrício Santana que empurrou a defesa adversária para dentro da End Zone. O time de Curitiba, no entanto, superou a pressão e escapou de um possível tackle em sua zona final, que configuraria um safety e, consequentemente, dois pontos para o Soldiers.

Pouco antes do intervalo, o HP ameaçou. Após encaixar um passe de, pelo menos, 30 jardas, a equipe da capital do Paraná se aproximou da End Zone e encerrou mais uma campanha tentando, pela segunda vez, converter um Field Goal, desta vez a cerca de 35 jardas do arco. Mas, não era o dia dos chutes certeiros. Com a bola molhada e o campo muito escorregadio, o chute mais uma vez saiu desviado, mantendo o placar em 0 a 0 até o intervalo.

Douglas Elesbão comemora touchdown que abriu caminho para a vitória. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

Segundo tempo

Mais ligados, os Soldados retornaram ao campo decididos a não desapontar os fãs que gritavam sem parar das arquibancadas. Após um primeiro tempo sem muita inspiração e alguns erros de passes, o Quarterback Douglas Rodrigues, enfim, apareceu para fazer a diferença reeditando o sucesso da parceria com seu xará Elesbão. Em um momento de pura técnica e habilidade, o camisa 15 encontrou espaço para acionar Elesbão a uma distância de mais de 20 jardas para incendiar o estádio e deixar o Exército verde e preto muito próximo de pontuar. Na sequência, mesmo sofrendo uma punição que obrigou a recuar 10 jardas, Rodrigues repetiu a fantástica jogada e provou que o primeiro lance não foi um mero acaso. Em mais um lançamento milimétrico pela ponta direita, a bola encontrou Elesbão entrando em velocidade na End Zone para se agarrar à bicuda e converter o primeiro touchdown em dois jogos entre as duas equipes.

Com 6 a 0 no marcador, Fabrício Santana desperdiçou a chance de somar mais um ponto ao errar o alvo na tentativa de conversão do ponto extra após a arbitragem anular um tackle no chute do kicker santa-mariense.

Ainda tentando reagir, o HP deu ao Soldiers o primeiro turnover do jogo ao devolver a posse de bola para o Soldiers na faixa de 40 jardas do campo ofensivo. Logo a seguir, uma interceptação que colocou os visitantes a 17 jardas de um TD que empataria o duelo, Walker apareceu bem para salvar o perigo e interceptar passe e correr para conquistar 25 jardas no campo.

Com o relógio a favor, o time de Santa Maria aproveitou o nervosismo do rival para se aproximar de uma nova marcação. Já no último período, após bela corrida de Sikeira, Fabrício Santana calibrou o pé para acertar um Field Goal de mais de 30 jardas de distância e abrir 9 a 0 para o Soldiers.

No desespero, o HP ainda tentou e errou, pela terceira vez, a conversão de Field Goal, distanciando ainda mais os paranaenses da vaga na final da Conferência Sul. Nos instantes finais, Araújo ainda teve tempo para interceptar passe lateral e avançar cerca de 40 jardas derrubando os rivais até ser caçado a poucos centímetros de ingressar mais uma vez na End Zone. Com o relógio marcando poucos segundos para o fim, coube a Douglas Rodrigues se ajoelhar na bola para confirmar mais uma grande vitória e mais um recorde histórico para o time que não cansa de fazer história.

Veja a campanha do Santa Maria Soldiers na BFA 2017

08/07: Juventude FA 00 x 22 Santa Maria Soldiers
22/07: Santa Maria Soldiers 35 x 12 Curitiba Brown Spiders
05/08: Santa Maria Soldiers 31 x 21 Coritiba Crocodiles
20/08: Paraná HP 00 x 03 Santa Maria Soldiers
02/09: Santa Maria Soldiers 13 x 14 Timbó Rex
30/09: São José Istepôs 00 x 20 Santa Maria Soldiers
14/10: Santa Maria Soldiers 09 x 00 Paraná HP (semifinal da Conferência Sul)

Notícias Relacionadas