Campeonato Citadino de veteranos e Copa Cidadania de duplas mistas encerra o calendário da bocha santa-mariense

A Liga Independente de Bocha de Santa Maria encerrou oficialmente a sua temporada de competições neste último final de semana com disputas nas canchas do Estádio Presidente Vargas e do Clube Unidos. Enquanto no sábado, dia 18, a “velha guarda” se enfrentou na etapa final do Campeonato Citadino de Bocha na categoria veteranos, no domingo, dia 19, foi a vez da Copa Cidadania de duplas mistas conhecerem os seus campeões do ano.

Na competição dos veteranos o grande campeão da Copa Nelson Alves, assim chamada a série ouro, foi a equipe da Sociedade Recreativa Cruzeiro do Sul, formada pelos bochófilos Luiz Carlos Taschetto, Eldemir Witzel, Élvio Carvalho, Edemar Eilert, Dari Grassi, Ângelo Minussi, Paulo Benites, Vicente Felin, Elton Carvalho, Ivo Dorneles e Carlos Bisognin. Em segundo lugar terminou o Inter-SM, em terceiro o Clube Piratini e em quarto o Clube Dores.

Na série prata, na Copa Alceu Leal, o campeão foi a equipe do Santo Antônio, seguido do Clube Piratini, Clube Esportivo e do Clube Progresso.

Equipe da Sociedade Recreativa Cruzeiro do Sul campeã do Citadino de veteranos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Já pela etapa final da Copa Cidadania o título da série ouro ficou com a dupla da equipe Tolfo, os bochófilos Bruno e Tereza, a medalha de prata com o Clube Piratini (André e Mara), a de bronze com o Clube Progresso (Dêniel e Boni) e a quarta colocação com o Cruzeiro do Sul (Tenente e Ridiane).

Na série prata o grito de campeão foi solto pelo Clube Progresso, da dupla Japinha e Luiza. A outra equipe do Clube Progresso foi vice (Garcia e Noemi), o Tolfo terceiro (João e Erlen) e o Cruzeiro do Sul o quarto (Flávio e Roselaine).

Entre as honrarias individuais da Copa Cidadania Bruno levou o troféu de melhor batedor e Boni a de melhor ponteira na série ouro. Já na série prata o batedor eleito foi Japinha e a ponteira Noemi.

Notícias Relacionadas