Adrian “Buakaw” e Rosinei Júnior voltam a se encontrar no VII Combat Guerreiros Thai

Pouco mais de cinco meses depois da sua última edição, o Combat Guerreiros Thai vai fazer Santa Maria respirar mais uma vez as artes marciais. No dia 16 de dezembro, o Centro Desportivo Municipal (CDM) irá receber alguns dos principais lutadores da região e até do Uruguai e Argentina em duelos de muay thai, boxe e kickboxing. E entre os primeiros confrontos do card principal da sétima edição do Combat está um reencontro de duas jovens promessas do muay thai santa-mariense.

Adrian "Buakaw" Farias, da equipe anfitriã Associação Guerreiros Thai (AGT), e Rosinei Júnior, da JC FIGHT, que se enfrentam pela categoria até 50kg, estarão frente a frente pela segunda vez no ano. Contudo, ao contrário da sexta edição do Combat quando realizaram apenas uma apresentação de técnicas, o duelo de dezembro valerá um título.

Mais um nome revelado pelo projeto social da AGT, Adrian "Buakaw" completa um ano da arte marcial tailandesa neste mês de novembro. E quase o mesmo tempo na equipe de competições da AGT, já que foi preciso apenas um mês de treinamentos para o atleta de 16 anos se destacar, chamar atenção do mestre Carlos Roberto Garda e de entrar em ação em sua primeira luta oficial. Até agora são três lutas com três reveses e uma apresentação com o adversário que volta a encontrar pelo VII Combat.

- Estou treinando direto, de tarde e de noite para esta luta. De tarde eu malho e treino boxe e do início da tarde até a noite mais treino físico e treino forte de thai. Eu espero que seja uma baita luta para dar um show para torcida. Conheço o Rosinei, tenho que cuidar a cotovelada giratória e sei que ele chuta muito bem com a esquerda. - afirma Adrian "Buakaw", que tem este apelido pela semelhança com Buakaw Banchamek, considerado um dos melhores lutadores tailandeses de todos os tempos.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2017/11/adrian-x-rosinei.jpg" image_width="900" image_height="600"][/vc_column][/vc_row]

Do lado oposto estará  Rosinei Júnior, santa-mariense que se apaixonou pelo muay thai após assistir um filme em 2014 e desde então passou a viver o esporte.  Atleta de 20 anos da JC Fight, equipe comandada pelo meste Jair Campos, Rosinei irá integrar o card do Combat Guerreiros Thai pela terceira vez consecutiva.  Em 2016, em seu primeiro embate após o título no Campeonato Brasileiro 2015, o lutador foi superado por Matheus Rocha, da AGT, e em julho de 2017 fez a apresentação contra o seu oponente do dia 16 de dezembro.

Para buscar a sua primeira vitória no Combat Rosinei não vem medindo esforços em 2017. Além de treinos com Jair Campos e com o próprio Carlos Garda, da AGT, o atleta passou por um período de experiência com Deivis Medina, em Porto Alegre, e marcou presença entre alguns dos grandes eventos do solo estadual, como o Attack Fight e o M4 Thai Cup. Agora, o objetivo é encerrar a temporada como uma bela apresentação no Combat Guerreiros Thai para novos saltos em 2018.

- Não estou pensando muito nele (Adrian) e sim pensando em mim. Porque se eu quero o resultado eu vou buscar, ele não vai me entregar. Quando fiquei sabendo da luta eu não aceitei pois até então rolavam boatos que eu não iria lutar, mas pensei a noite toda e aceitei. Desde então minha preparação esta sendo forte como sempre. O Adrian é um guri muito bom, rápido, tenho certeza que vamos fazer outra grande luta como foi a primeira. Espero fazer o meu trabalho bem feito na academia, representar a equipe nesse sétimo Combat e que em 2018 venham outras oportunidades de lutas. - diz Rosinei.

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter