Chuteiras e esperança para as crianças de Santa Maria

Assim como em todo o país, o sonho de muitos garotos em Santa Maria é trilhar caminhos como os percorridos por craques como Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo, os três grandes nomes do futebol na atualidade e que assim como tantos outros vieram de origem humilde e em estado de vulnerabilidade social.

Muitos dos nossos futuros talentos mantém e alimentam este sonho em campos precários (alguns de terra), descalços e sem nenhum material esportivo adequado. E foi pensando justamente nessas crianças, por conhecer de perto esta realidade, que um projeto vem ganhando forças no Coração do Rio Grande.

Encabeçado pela técnica de futsal Thaty Dias, atual treinadora do time sub-20 da Associação Itaara Futsal (AIF) e do Peñarol Futsal, o projeto Chuteiras do Bem busca arrecadar junto a comunidade santa-mariense e em ações sociais chuteiras de futebol de campo, futebol sete e futsal, tanto novas ou usadas em bom estado. Outros materiais esportivos como bolas, meias, caneleiras, luvas, calções e camisetas também serão angariados.

Técnica Thaty Dias e o volante gremista Filipe Machado, a criadora e o embaixador do projeto Chuteiras do Bem. (Foto: Arquivo Pessoal)

A ideia surgiu justamente da própria história de vida da treinadora Thaty Dias e do seu filho Rhuan Dias Pinto, atleta de 15 anos das categorias de base da Sociedade Esportiva Novo Horizonte. Diante da paixão do filho pela modalidade e das dificuldades impostas em anos passados, Thaty precisou recorrer a amigos e ações para comprar os materiais esportivos para Rhuan, que hoje também comando o projeto.

– Passei por isso com o filho, algumas vezes nem sempre conseguíamos comprar o material, mas eu sempre corria de alguma forma para poder ajudar. Conversando com ele vi que a realidade não era só minha, outras mães e atletas passam por isso e muitos deixam de participar do esporte por não ter como investir. Então a finalidade é poder dar este apoio de alguma forma para outras famílias. – afirma Thaty Dias.

Até o momento, em pouco mais duas semanas, o Chuteiras do Bem já arrecadou quinze pares. Sendo os dois primeiros deles doados pelo embaixador do projeto, o jogador santa-mariense Filipe Machado, volante do Grêmio e que se firmou entre o grupo principal na atual temporada, onde atuou em seis partidas no Campeonato Brasileiro. De férias em Santa Maria, o atleta doou dois pares das chuteiras que atuou pelo tricolor na competição nacional.

Além dos calçados já recolhidos, outras doações já foram feitas na cidade e também em outros municípios, como Santa Cruz do Sul, Porto Alegre e Jaguari.

– A objetivo é doar, fazer o bem e possibilitar com esse gesto que eles deem continuidade no esporte. Não é por não ter chuteira que vão desistir. A chuteira não precisa ser nova, mas fica super chato eu doar algo sem condição de uso. Algumas chuteiras a gente já vai ter que mandar arrumar e como não temos recursos financeiros vamos arrumar do próprio bolso para que chegue em quem precisa pronta para usar.

A treinadora também mencionou que uma das metas do projeto é se expandir, levando a iniciativa para outras regiões do estado:

– O Chuteiras do Bem já está se espalhando. A ideia é ter um amigo voluntário, pessoas de nossa confiança em cada região, cidade e até estado. Isso possibilita receberem as chuteiras para a gente, nos enviar e principalmente compartilhar essa ideia na localidade deles. Representar o projeto e entregar para quem precisa também na sua própria região.

Para doar e contribuir com o Chuteiras do Bem basta entrar em contato pelo telefone (55) 99115-0323 ou atrás da página oficial no Facebook. Nos próximos dias será feito um cadastro das crianças carentes que serão atendidas pelo projeto, que por sua vez fará um acompanhamento dos jovens inscritos.

Volante gremista Filipe Machado doou dois pares de chuteiras para a campanha. (Foto: Arquivo Pessoal)

Notícias Relacionadas