Inter-SM completa uma semana de pré-temporada e tem primeiro treino sob a batuta de Vinicius Munhoz

O Inter-SM completou na manhã desta quinta-feira, dia 11, na UFSM, uma semana de pré-temporada. Porém, se os trabalhos com bola são frequentes desde a última segunda-feira, data em que se iniciou os treinos no campo, a novidade do dia ficou pela primeira atividade comandada pelo técnico Vinicius Munhoz em 2018, já que até então os trabalhos vinham sendo orientados pelos demais integrantes da comissão técnica, com apenas ajustes pontuais do comandante alvirrubro.

Técnico Vinicius Munhoz focou as lições táticas defensivas em seu primeiro treinamento com o grupo. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Como vem sendo priorizado nesses primeiros treinos de pré-temporada, a quinta-feira abriu mais uma vez com treinos técnicos com ênfase principalmente no passe e receptação para o Inter-SM. Repetindo os moldes da atividade de terça-feira, o preparador físico Otávio Bettega dividiu o elenco em três quadrantes, sendo dois com nove e outro com dez atletas. Dentro dos quadrados três defensores buscando a interceptação dos passes trocados pelos atletas nas extremidades.

Logo a seguir o elenco foi divido pelo auxiliar técnico Guilherme Tocchetto em dois grupos, com três equipes de quatro atletas cada. Posicionadas em três linhas paralelas em espaço reduzido, os times das bordas buscavam a troca de passes e o da linha central fechava os espaços. Detalhe para os dois quartetos de coletes verdes formados pelos atletas do sistema defensivo do Inter-SM, em um prenúncio da atividade que estava por vir. A primeira sob a batuta do técnico Vinicius Munhoz.

Após cerca de dez minutos de conversas e orientações usando o quadro tático, o treinador do Inter-SM deu início a uma atividade de ataque contra defesa para organizar a linha defensiva da equipe junto com o balanço ofensivo. Enquanto a primeira linha defensiva testada foi composta por Maldonado, Dionatan, Giordano Piffero e Matheus Camargo, na segunda faziam parte Padel, Manollo, Ícaro e Lucas. Já na equipe de ataque os demais jogadores se revezavam em cada setor.

E se o técnico Vinicius Munhoz voltou a comandar um treinamento, hoje voltado para a organização defensiva que também é uma das premissas do treinador, as minuciosas orientações e ajustes em cada detalhe também voltaram. A todo momento o comandante alvirrubro gesticulava e conversa com os jogadores.

– O Inter-SM se caracterizou muito em 2017 e foi notório pelo toque de bola, jogo de aproximação, qualidade dos jogadores. Mas o que torna uma equipe competitiva não é só isso. Temos que ter uma preocupação grande com o momento defensivo da equipe, tal qual experimentamos em 2017, nos preocupamos bastante também com esse momento em 2017. Agora estamos começando a pincelar esta ideia em 2018. Entendo que um equipe só é competitiva se nos mais diversos momentos do jogo ela estiver preparada. E o momento defensivo é um desses momentos. – manifestou o técnico Vinicius Munhoz.

A representação alvirrubra ocorre somente na manhã desta sexta-feira, dia 12, para dois turnos de atividades.

Maldonado, Dionatan, Giordano Piffero e Matheus Camargo formaram uma das linhas defensivas da atividade. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Notícias Relacionadas