Santa-marienses comemoram resultados na 14ª TTT

Foi com um verdadeiro show de superação e grandes marcas que o atletismo santa-mariense fez história na 14ª edição da Travessia Torres Tramandaí (TTT), ultramaratona de 81,2 Km que levou aproximadamente 2.500 atletas as areias do litoral norte gaúcho. Com 36 corredores, Santa Maria quebrou o recorde de representantes em uma única edição da prova.

Veja abaixo os depoimentos de três atletas sobre a 14ª TTT e os resultados dos santa-marienses:

– A partir do momento em que as condições do tempo, a logística montada e o treinamento efetuado são perfeitos e conspiram a nosso favor, temos que aproveitar. E foi o que aconteceu na 14ª TTT. Com tudo a favor, aproveitamos a oportunidade e nos atiramos de corpo e alma nas areias do litoral norte do estado. Agora, com a missão cumprida, é hora de pensarmos em qual degrau subiremos no ano que vem. Talvez dupla, ou quem sabe na categoria solo. – Paulo Roberto de Almeida, disputou a categoria quarteto masculino.

– Prova desgastante. Meu trecho de Curumim a Tramandaí foram 43km. Peguei o horário do sol, areia estava bem macia, estava mais pesado. Esse ano fiz a segunda parte, em praias movimentadas, e corremos no meio dos veranistas é muito bom. Pessoal vai te dando apoio, te oferece água, refrigerante, cerveja, caipirinha, frutas, a vibe é muito boa. Dá mais força para seguirmos, já que a prova psicologicamente é muito desgastante. A cabeça fica bastante cansada. Foi uma prova que fiz para curtir. Parava, conversava com a galera nos pontos de hidratação, comia uma fruta e seguia. É uma prova desgastante, mas tem esses momentos que tornam ela mais tranquila e te dão força para completar. –
Olintho Trevisan, disputou a categoria duplas.

– O foco era completar a TTT e se divertir. No dia da prova era um misto de emoção, adrenalina, medo, prazer, tudo junto. Foi minha primeira TTT e não poderia decepcionar meu quarteto e nem a mim. Dei meu máximo, assim como todos, como garra, força e entusiamo. Mas a TTT é muito mais difícil do que eu imaginava, desde o solo, o clima, as praias lotadas, os tênis molhados, areia fofa, só quem participa para entender como o corredor precisa ser forte para aguentar. Foi muito show, uma experiência que vou fazer de novo, com certeza. – Eleniza Ferrão, disputou a categoria quarteto misto.

Atletas da GoFit após completarem a 14º TTT. (Foto: Aquivo Pessoal)

RESULTADOS

Quartetos
– Paulo Roberto Almeida, Dirceu de Sousa “Taura”, Ricardo Lewandowski e Adriano Antunes – 14º lugar –
6h29min20seg

Equipe GoFit:

Solo
– Alexandre Tavares – 76º lugar – 9h13min44seg
– Márcio Pretto – 77º lugar – 9h13min44seg

Duplas
– Olintho Trevisan e Neto Barros – 50º lugar – 8h21min10seg

Quartetos
– Wellinton Dornelles, Reni Raul de Vlieger, Marcos Wentzel e Matheus Wentzel (Quartetos Masculino) – 30º lugar – 6h42min55seg
– Bruno Lopes, Clovis Martins, Tiago Lima, Eleniza Ferrão (Quartetos Mistos) – 31º lugar – 7h03min34seg
– Priscila Souza, Maria Sarmento, Patricia Camargo e André Leonel (Quartetos Mistos) – 58º lugar – 7h48min39seg

Octetos
– Ronaldo de Lima, Marcela Marquezan, Maicol Amorim, Carolina Pigatto, Clarissa Durand, Fabiane Tambara, Priscila Werner e Flavia Rechia (Octetos Mistos) – 77º lugar – 8h04min16seg
– Simara Virue, Rossano Marchiori, Rodrigo Dutra, Deizi Santa Lucia, Gustavo Sonza, Luiza Adaime, Juliano Dellazzana e Shaiane Corrêa (Octetos Mistos) – 81º lugar – 8h05min28seg

Adriano, Ricardo, Paulo Roberto e Dirceu exibem as medalhas obtidas no litoral norte. (Foto: Aquivo Pessoal)

Notícias Relacionadas