Técnico Tiago Nunes leva o Atlético-PR ao título do Campeonato Paranaense 2018

“Momento profissionalmente mais importante da minha vida”. Foi com essas palavras que o técnico santa-mariense Tiago Nunes resumiu a sua atual fase da carreira na noite deste domingo (8), sem dúvida nenhuma um dos dias mais felizes dos seus 38 anos.

Criado na zona norte de Santa Maria, Tiago Nunes atingiu o ápice da sua história como treinador ao guiar o Atlético-PR até o título do Campeonato Paranaense 2018, conquistado com a vitória de 2 a 0 sobre o Coritiba, na Arena da Baixada, e revertendo a vantagem do rival de 1 a 0 obtida no jogo de ida.

Foi o primeiro título do Furacão após a reforma do estádio para a Copa do Mundo de 2014 e com parcela crucial do técnico santa-mariense, que assumiu o comando do time de aspirantes rubro-negro em dezembro e levou ao posto de melhor campanha no estadual.

Em dezesseis partidas o Atlético-PR de Tiago Nunes venceu dez, empatou cinco e saiu derrotado apenas uma vez. Campanha e “caneco” que elevam o nome do treinador a outro patamar no país.

– A ficha vai cair só amanhã ou depois. Quero agradecer ao nosso torcedor, que mais uma vez se fez presente, fez uma festa de emocionar qualquer um. Obrigado à diretoria do clube por poder participar deste processo. E obrigado à minha família, especialmente meu pai e minha mãe que estão em Santa Maria, minha irmã que está no Estados Unidos e a Deus, principalmente, por estar vivendo esse momento ímpar. Hoje (domingo) é momento leve, de alegria. Obrigado por tudo que o Atlético-PR fez por mim. – manifestou Tiago Nunes na entrevista coletiva.

No primeiro turno do Campeonato Parananense, a Taça Dionísio Filho, o Atlético-PR foi eliminado pelo Rio Branco na semifinal nos pênaltis após empate no tempo normal em 0 a 0. A volta por cima começou a ser dada no segundo turno, com o título da Taça Caio Júnior de forma invicta ao superar o Londrina por 1 a 0 na decisão. Já a coroação e confirmação do seu auge da carreira veio neste domingo ao vencer o segundo duelo da final contra o Coritiba, o campeão do primeiro turno.

– A derrota para o Rio Branco nos pênaltis, foi um divisor de águas, não só para cobranças entre nós mesmos para uma presença na final, mas uma maneira de jogar, tentamos fazer um jogo ainda mais ofensivo do que fizemos no primeiro turno. E agora o jogo que perdemos para o Coritiba na ida, acabou sendo muito doído, vínhamos de quatro jogos seguidos, não estávamos frescos. Perdemos a invencibilidade, mesmo não temos foco voltado para isso. Jogamos bem e talvez não merecêssemos perder, mas que serviu de gasolina para que pudéssemos fazer um jogo tão qualificado como foi hoje. – disse o treinador santa-mariense.

Técnico Tiago Nunes comemora a sua maior conquista da carreira. (Foto: Monica Silva)

Aos 38 anos idade Tiago Nunes chegou a Arena da Baixada no dia 19 de abril de 2017 para comandar o plantel sub-19. Com mais um trabalho consistente e bastante elogiado, o santa-mariense levou o Atlético-PR até a semifinal do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2017, quando acabou eliminado pelo futuro campeão Cruzeiro.

Formado em em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e técnico do Riograndense em 2012, ano do centenário do clube esmeraldino, Tiago Nunes já passou por mais de vinte clubes entre categorias de base, como Grêmio e Juventude, e equipes profissionais, como Luverdense, São Paulo-RG e São Luiz.

– O estadual é ruim para quem perde, né? Para quem vence é muito bom. A conquista para mim é mais um marco relevante. Eu, que tenho uma trajetória pouco conhecida por vocês, mas longa no futebol, são 17 anos, oito estados diferentes. Eu me qualifiquei muito para isso e não ia deixar passar. E o Atlético-PR tem o poder de visibilidade e dar essa magnitude. O torcedor ou você gera uma empatia ou não. Eu me apaixonei pela torcida, que tem me tratado com um carinho muito grande, mesmo sabendo que os resultados às vezes são determinantes para essa relação de amor e ódio. Independente da reação deles, sou muito grato a eles. É o momento profissionalmente mais importante da minha vida. – completou o treinador.

Ficha técnica:
Nome: Tiago Retzlaff Nunes
Nascimento: 15/02/1980
Local de nascimento: Santa Maria

Últimos clubes: Veranópolis, São Paulo-RG, Juventude (Sub-20), Grêmio (Sub-15), Riograndense, Rio Branco (AC), Luverdense (MT), União-FW, São Luiz, Sapucaiense e Nacional (AM)

Principais títulos: Campeonato Paranense (2018), Taça Caio Júnior (2018), Copa Serrana (2014), Campeonato Gaúcho Sub-15 (2013), Campeonato Acreano (2010), Campeonato Mato-grossense (2009), Campeonato Gaúcho – Segunda divisão (2005).

Notícias Relacionadas