CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Inter vence o Vitória e chega ao G4 do Brasileirão

Em uma partida eletrizante, o Internacional bateu o Vitória por 3 a 2 na noite desta quarta-feira, no Barradão, e alcançou a terceira vitória seguida no Brasileirão. O resultado deixa o Colorado na vice-liderança, com 14 pontos conquistados em oito rodadas.

O Inter chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo, com gols de Patrick e Aderllan (contra), e Rossi ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti. Os baianos descontaram antes do intervalo e buscaram o empate na etapa final. Aos 48min do segundo tempo, Nico López rompeu a defesa adversária para marcar o gol da primeira vitória fora de casa no campeonato. No sábado (2/6), às 16h, tem jogo no Beira-Rio contra o Sport-PE.

Rossi inicia entre os titulares

Autor do gol da vitória sobre o Corinthians, o atacante Rossi começou a partida no lugar Leandro Damião, impedido de atuar em função do terceiro cartão amarelo. Víctor Cuesta retornou à zaga após cumprir suspensão e, na lateral esquerda, Uendel entrou no lugar de Iago, também suspenso.

Patrick marca golaço

O duelo na capital baiana começou com os donos da casa levando perigo ao ataque. Aos 6min, Neilton invadiu a área e disparou um chute frontal que foi defendido por Danilo Fernandes. O Inter apostava nas jogadas aéreas, mas a zaga do Vitória dificultava ao máximo as conclusões a gol. Aos 18min, Rossi fez o cruzamento para a área, Víctor Cuesta matou a bola no peito e, quando preparava o chute, o goleiro Elias saiu bem e abafou a finalização do zagueiro argentino.

O Colorado insistiu na bola pelo alto e abriu o placar no Barradão. Aos 25min, Zeca alçou com qualidade e Patrick, de voleio, marcou um golaço! A bola entrou no cantinho esquerdo neste que foi o quinto gol do meia-atacante, um dos artilheiros da temporada.

Uendel salva em cima da linha

O Vitória foi para cima em busca do empate. Aos 28min, Neilton chutou, Danilo Fernandes fez a defesa parcial e, no rebote, Lucas Fernandes se chocou com o goleiro colorado. O lance prosseguiu e a bola ía se encaminhado para o gol, mas Uendel apareceu na última hora para afastar praticamente em cima da linha.

Inter amplia com gol contra dos baianos

Porém, o Inter estava atento e ampliou em um contra-golpe. Aos 38min, Lucca avançou pela ponta-direita e fez o cruzamento rasteiro para a área: na tentativa de fazer o corte, Aderllan empurrou a bola para o fundo da rede. Gol contra. 2  a 0 no placar!

Rossi desperdiça pênalti

Aos 42min, Rossi foi derrubado por Kanu na área. Pênalti que o próprio atacante cobrou para fora. A bola subiu demais e tirou uma casquinha do travessão.

Vitória desconta no finalzinho do 1º tempo

Já nos acréscimos do primeiro tempo, Wallyson bateu falta, a bola desviou no pé de Zeca no meio do caminho e traiu o goleiro Danilo Fernandes. 2 a 1.

Empate dos donos da casa

No segundo tempo, o Vitória se lançou ao ataque. Aos 9min, Lucas Fernandes cabeceou de cima para baixo buscando o canto esquerdo, mas Danilo fez a defesa com segurança. Aos 13min, Zé Welison chutou da entrada da área, a bola desviou em Rodrigo Dourado e raspou o travessão antes de sair pela linha de fundo. Após a cobrança de escanteio, Aderllan cabeceou para empatar o jogo.

Nico López marca o gol da vitória aos 48min

A pressão adversária seguiu. Aos 20min, Wallyson disparou chute cruzado e Danilo Fernandes fez grande defesa. O Inter se fechou como pôde e buscou ameaçar nos contra-ataques. Aos 48min, em um contra-golpe fulminante, o Inter marcou o gol da vitória. Nico López, que havia entrado no lugar de Rossi, recebeu lançamento de Víctor Cuesta, avançou em velocidade, e chutou na saída do goleiro para fazer 3 a 2! A terceira vitória seguida no Brasileirão era conquistada no apagar das luzes!

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2018/05/inter-e-vitoria.jpg" image_size="full" desc="Inter conquistou a terceira vitória consecutiva. Foto: Ricardo Duarte/Internacional"][/vc_column][/vc_row]

Ficha técnica:

Vitória (2): Elias; Lucas, Kanu, Aderllan e Jeferson; Andrade (Ramon), Zé Welison, Neilton, Lucas Fernandes (Nichson) e Wallyson; André Lima (Júnior). Técnico: Vagner Mancini.

Internacional (3): Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel (Juan Alano); Rodrigo Dourado e Edenilson; Rossi (Nico López), Patrick e Lucca; William Pottker (Brenner). Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Patrick (I), aos 25min do primeiro tempo, Aderllan (contra, I), aos 38min do primeiro tempo, Wallyson (V), aos 45min do primeiro tempo, Aderllan (V), aos 14min do segundo tempo, Nico López (I), aos 48min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Víctor Cuesta (I); Zé Welison, Andrade, Jeferson (V).

Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Danilo Ricardo Simon Manis (trio de São Paulo).

Local: Barradão, em Salvador.

* Via Assessoria Internacional.

s2Member®