Com sua força máxima, ASENA entra em ação no Power Sup Estrela – Desafio de VA’A e Canoagem

Pioneira estadual na promoção e organização de festivais de esportes aquáticos, a Associação Santamariense de Esportes Náuticos (ASENA) desta vez faz as malas rumo a cidade de Estrela neste próximo sábado (9), mais precisamente para o Power Sup Estrela – Desafio de VA’A e Canoagem.

Berço e celeiro de grandes nomes e referência estadual e nacional quando se trata de esportes náuticos, a equipe do Coração do Rio Grande irá competir pela primeira vez longe de casa em um mesmo evento com os três desportos praticados atualmente em Santa Maria: na canoagem e no stand up paddle (SUP), que já renderam centenas de títulos e honrarias para a ASENA, e ainda na canoa havaiana, projeto iniciado em setembro de 2017 e que já obteve as primeiras medalhas no mês de abril, em Porto Alegre.

Mais uma mostra da excelência do trabalho desenvolvido na Barragem do DNOS e a certeza de ainda mais honrarias sobre as águas.

– Estamos com time completo para esse evento, com time nas três modalidades náuticas. Estamos indo com o que temos de melhor, com nosso atleta olímpico (Gilvan Ribeiro), também a Mariane Santos (convocada para o Mundial de Canoagem Maratona), no SUP com referências estaduais e mais um diferencial que é a canoa havaiana. Este projeto (canoa havaiana) está sendo realizado com a Construtora Jobim e vamos levar alunos do Projeto Remar, jovens com 11, 13 e 14 anos que estarão competindo com adultos, eu serei o único adulto na canoa. Teremos também representantes na canoa master e canoa feminina. – comenta Givago Ribeiro, atleta e diretor da ASENA.

ASENA encara sua segunda competição na canoa havaiana. (Foto: Divulgação/ASENA)

E com este time de peso a expectativa como não poderia ser diferente é de um retorno repleto de conquistas. No total, a ASENA entra em ação por dez categorias diferentes do Power Sup Estrela – Desafio de VA’A e Canoagem e em todas como uma das favoritas ao título. Destaque principal é claro para Gilvan Ribeiro, 13º lugar no K4 1000m e a 10º lugar no K2 200m nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Em Estrela Gilvan irá remar no K1 e também no SUP Elite 12’6.

– Nossa expectativa é sem duvidas vencer. Porto Alegre e Caxias do Sul chegam forte. No evento que tivemos no início do ano em Porto Alegre nós acabamos motivando eles a treinarem mais para nos vencerem. Mas nós também nos preparamos. Apesar da falta de água na área onde treinamos nos adaptamos ao meio e fomos para água como deu. Vamos para competir e para vencer. – diz Givago Ribeiro.

As provas do Power Sup Estrela – Desafio de VA’A e Canoagem ocorrem no Rio Taquari, em um circuito em formato triangular demarcado com boias. A distância de cada volta será de 1,5km.

CANOA HAVAIANA

OC6 Projeto Remar/Construtora Jobim : Felipe Almeida, Gustavo Silva, João Almeida, Cauã Rodrigues, Dieferson Espíndola e Givago Ribeiro
OC6 Master: Sérgio Vieiro, Daniel Boemo, Itelmar Boehmer, Pedro Lucas Santos, Rodrigo Freitas, Ricardo Magane
OC6 Feminino: Fabiane Bitencourt, Rita Silva , Zica Schimidt, Daiane Zambeli, Mariane dos Santos e Ana Cristina Monteiro
OC2 Masculina: Ricardo Magane e Rodrigo Freitas
OC2 Feminina: Daiane Zambeli e Ana Cristina Monteiro/Rita Silva e Fabiane Bitencourt

STAND UP PADDLE

SUP Elite 12’6: Gilvan Ribeiro, Givago Ribeiro, Mariane dos Santos, Daiane Zambeli, Fabiane Bitencourt e Ana Cristina Monteiro
SUP Master 12’6: Ricardo Magane e Zica Schimidt
SUP OPEN 12’2: Rita Silva e Itelmar Boehmer

CAIAQUE

K1: Gilvan Ribeiro, Felipe Almeida, Mariane Santos e Emili dos Santos
Turismo Open: Rodrigo Freitas

Gilvan Ribeiro volta a competir com as cores da ASENA. (Foto: Arquivo Pessoal)

Notícias Relacionadas