Sonho adiado: Pelotas vence mais uma vez o Inter-SM e fica com a vaga na Série A em 2019

Pelotas e Inter-SM entraram em campo na tarde deste domingo (10/06) para o duelo decisivo válido pela semifinal da Divisão de Acesso 2018. Com a vantagem de dois gols construída no jogo de ida em Santa Maria, o Lobo recebeu o time santa-mariense na tarde cinzenta na zona sul para confirmar o retorno à Série A diante de sua torcida. E foi assim. Após quatro anos, o áureo-cerúleo venceu mais uma vez o Inter-SM, desta vez por 1 a 0, com gol de Adriano Lara e comemorou o acesso à primeira divisão gaúcha. Agora, a equipe treinada por Paulo Porto decide a Divisão de Acesso contra o Aimoré.

O jogo

Com a tranquilidade de quem só perderia a vaga com derrota por 3 gols, o Lobo tratou de esquentar o clima nas arquibancadas logo nos segundos iniciais do jogo. Com menos de um minuto, Hugo foi lançado após erro na saída de bola do Inter-SM e entrou na área para tocar buscando o canto esquerdo de João Paulo. Atento, o goleiro do Inter-SM salvou o que seria o primeiro. No rebote, Dionatan mandou para escanteio.

O Inter-SM tenta rodar a bola, mas é o Pelotas quem tem mais sucesso na sua estratégia e joga no erro dos santa-marienses. Aos 7, Hugo é derrubado pela esquerda. Na cobrança da falta, Dão marca, mas está impedido.

O Inter-SM responde e Jardisson conclui após jogada de Chiquinho, mas manda para fora.

Pouco depois, aos 16, Pablo ginga na frente de dois e bate para defesa de Giovani.

Aos 22, Giovane recebe belo passe dentro da área e bate de primeira após cruzamento de Cléverson. João Paulo fez grande defesa em chute rasteiro de muito perigo! Inter-SM salvo pelo goleiro.

Três minutos depois, Adriano pega rebote na entrada da área e abre o placar para os donos da casa: Pelotas 1 a 0.

O gol enche o time de Paulo Porto de confiança. Aos 29, Cleverson faz jogada pela direita e conclui para João Paulo defender.

Um minuto depois, Cleverson, destaque do time pelotense, vai ao fundo e bate fechado. João Paulo salva.

O Inter-SM sente o golpe. Já sem Théo que sentiu e foi substituído por Ícaro, o Alvirrubro pouco cria. Já no final da primeira etapa, o Pelotas mais uma vez chega perto. Em cobrança de lateral, a bola é escorada para Hugo. O camisa 10 pega mal e manda quase na lateral.

Segundo tempo

Assim como na etapa inicial, o Pelotas começou assustando. No primeiro ataque, logo a um minuto, Felipe tenta de voleio após escanteio da direita e manda à esquerda. Belo lance do Lobo.

Aos 5 minutos, a melhor chance do Inter-SM no jogo.  Pablo, de frente com o Giovani, perde o que poderia ser o empate! Goleiro salva o Pelotas.

Pouco depois, Chiquinho bate falta e ninguém consegue desviar de cabeça.

Precisando reverter um palcar pra lá de desfavorável, o Inter-SM é valente e ocupa o campo de ataque. Aos 11,  Chiquinho tem espaço e mete o pé. A bola passa perto da trave do gol do Pelotas.

Aos 22, Santana arrisca de longe, para fora. Só o Alvirrubro atacava. Aos 27, Chiquinho faz boa tabela e conclui. Bola desviou e saiu desviada em escanteio.

Na sequência, Dionatan sobe e ganha pelo alto, mas manda de cabeça para fora.

E o festival de arremates segue. Depois, PAblo é quem tenta, já aos 33. O chute sai fraco, mas passa perto do canto esquerdo.

Com 35 minutos a outra chance mais forte do Inter-SM acaba com um milagre. Pablo cruza da esquerda, Jeorge limpa a marcação e fuzila Giovani à queima-roupa! Goleiro do Lobo salva dentro da pequena área.

Já nos instantes finais, Paulo Henrique Borges acerte Hugo e é expulso. Foi o fim da linha para o sonho santa-mariense.

Sonho adiado e festa do Pelotas.

Pelotas e Inter-SM disputaram a vaga na final em dois jogos. Foto: Bruno Tech/EsporteSUL

FICHA TÉCNICA:

DIVISÃO DE ACESSO 2018 – SEMIFINAL (JOGO DE VOLTA)

PELOTAS 1X0 INTER-SM

PELOTAS: Giovani; Adriano, Dão (Ricardo), Felipe, Tatto; Carlão Moraes, Germano, Jean Roberto, Hugo Sanches; Giovane (Giancarlo) e Cléverson (Tom). Técnico: Paulo Porto.

INTER-SM: João Paulo; Théo (Ícaro), Manolo, Dionatan, Paulo Henrique Borges; Cabeça, Santana, Jardisson (Rafinha), Chiquinho; Pablo e Jackson (Jeorge). Técnico: Vinicius Munhoz.

GOL: Adriano (25 min – 1T) (P)

CARTÕES AMARELOS: Giancarlo (P)

CARTÕES VERMELHOS: Paulo Henrique Borger (I)

ÁRBITRO: Daniel Bins

AUXILIARES: Lúcio Flor e Rafael Alves.

DATA/LOCAL: (10/06) Estádio Boca do Lobo, Pelotas.

Notícias Relacionadas