CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter

Santa-mariense Bryan Backes defenderá o San Diego, de Porto Alegre, na elite do rugby nacional

Um dos principais nomes da história e nos últimos anos a grande referência dentro e fora de campo do Universitário Rugby Santa Maria (URSM), Bryan Backes deixará de envergar o manto celeste e negro após nove temporadas consecutivas.

No entardecer da última terça-feira (17/07), através de um comunicado oficial em uma rede social, o atleta que também acumulou as funções de técnico do time principal, feminino e também juvenil da equipe do Coração do Rio Grande confirmou oficialmente que passará a defender o escudo do San Diego Rugby Club, de Porto Alegre e uma das grandes forças do rugby gaúcho.

Com o clube bicampeão gaúcho (2008 e 2009), bicampeão da Copa RS (2013 e 2014) e também vice da Copa do Brasil (2009) e vice da Taça Tupi (2015), o jogador santa-mariense de 27 anos irá disputar a principal competição nacional da modalidade, o Super 16, a primeira divisão do Campeonato Brasileiro de rugby.

Assim, está será a terceira vez que um jogador oriundo do Universitário entra em ação pela elite do país, já que Bryan repete os feitos e passos de Felipe Ravanello e Jardel Vettorato, atleta que também defende a Seleção Brasileira.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2018/07/Bryan-backes-3.jpg" image_size="full" desc="Bryan Backes representará a bandeira de Santa Maria na elite do rugby do Brasil. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)"][/vc_column][/vc_row]

E a estreia de Bryan pelo San Diego e no Campeonato Brasileiro já ocorre no próximo sábado (21/07), no kick-off do Super 16, quando o time porto-alegrense viaja até Florianópolis para duelo contra o Desterro. Além dos dois times, integram o Grupo D da competição nacional os rivais Charrua, de Porto Alegre, e Farrapos, de Bento Gonçalves. No total o Campeonato Brasileiro movimenta dezesseis equipes, que foram divididas em quatro grupos para a primeira fase.

- Defender o San Diego é uma honra. Espero que nesse período eu responda a altura da confiança deles, pois estão oportunizando algo para mim que posso chamar de uma realização de um sonho, que é disputar a competição de maior competitividade de nosso país. Vou ciente da responsabilidade que tenho em representar as pessoas que com o seu tempo me ensinaram e me mostraram como o rugby é maravilhoso, com uma gana de adquirir conhecimento e experiência para trazer para cá (Santa Maria), afinal de contas meu vínculo aqui é eterno.

Como seguirá residindo em Santa Maria, Bryan Backs manterá a função de treinador do time principal, feminino e M-19 do Universitário.

- Agradeço a diretoria do Universitário e principalmente ao presidente Leonardo Vieiro pela compreensão e me liberar como jogador, do capitão Mauricio Ribeiro por me encorajar, aos juvenis que aceitaram trocar seus treinos para os domingos, assim como o feminino que me incentivam a isso e também ao João Malaia, um cara que está agregando e dará suporte ao time quando eu estiver ausente.

s2Member®