UFSM vence o Gaúcho e segue na luta por uma vaga à próxima fase da Série Bronze

Considerada a primeira de quatro finais que a equipe terá nesta reta final da primeira fase, a partida deste sábado guardou emoções até os últimos segundos de jogo. A UFSM precisava vencer para subir na tabela e se aproximar da zona de classificação. Por isso, os atletas entraram focados na partida e dominaram a primeira etapa, refletindo esse domínio no placar. A UFSM abriu 2×0 e poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem até maior. Mas na segunda etapa, foram os visitantes que controlaram o jogo, descontaram e poderiam até ter chegado ao empate. A Federal também teve algumas chances em contra-ataques, mas não conseguiu definir a vitória, deixando o placar (2×1) em aberto até os segundos finais.

Com a vitória, a UFSM subiu para a oitava colocação e ficou a quatro pontos do 5º colocado, o Figueira, que perdeu em casa ontem para o União Independente. Faltando três rodadas, a equipe precisa de, pelo menos, duas vitórias para brigar pela classificação à próxima fase. E o próximo desafio será o clássico local contra o líder União Independente. Será mais uma “final” para os universitários nesta 1ª Fase.

O jogo

Com dois tempos distintos, a UFSM teve o controle do jogo na primeira etapa, aproveitando os erros do time visitante. O Gaúcho até teve duas chances em faltas próximas à área, mas aos 4 min 23s, a Federal abriu o placar, na primeira chegada perigosa ao ataque. Fiapo lançou para Bernardo, que dominou e arriscou chute cruzado, acertando o ângulo de Tiago: UFSM 1×0. Após o gol, o time de Tupanciretã começou a errar mais e oferecer chances de contra-ataque para a Federal. Aos 10 min, Carlos recebeu na direita e se desvencilhou do marcador, mas concluiu por cima da meta. Trinta segundos depois, o artilheiro guardou o dele. Bernardo iniciou contra-ataque, aplicando uma “janelinha” no adversário, e serviu Carlos. O pivô dominou de frente para o goleiro e concluiu rasteiro na saída dele: UFSM 2×0.

Aos 13 min, Bernardo achou Moisés na quadra de ataque, mas ele concluiu em cima da marcação. Só aos 16 min o Gaúcho levou perigo. Matheus fez jogada pessoal e concluiu cruzado para fora. A vantagem da Federal poderia ter sido ampliada aos 18 min, quando Bernardo teve duas chances. A primeira defendida pelo goleiro e a segunda bloqueada pelo defensor.

Se o primeiro tempo teve domínio da Federal, na segunda etapa, o Gaúcho tomou conta do jogo, empilhando chances de gol. Logo aos 3 min, Bolinha recebeu sozinho na direita e chutou para a primeira defesa importante do goleiro Matheus. Aos 4 min, Matheus percebeu um espaço pelo meio, avançou e desferiu um chute forte, que carimbou o travessão da UFSM. A pressão aumentava e o gol do time visitante acabou saindo. Aos 8 min 45s, em contra-ataque, Juan passou para Matheus, que recebeu dentro da área e concluiu para a rede: UFSM 2×1.

Aos 11 min, a UFSM voltou a levar perigo ao gol adversário em contra-ataque, quando Bernardo passou para Jonatan. Ele chutou cruzado e o goleiro Cristian defendeu com o pé. Um minuto depois, após a Federal perder a bola na quadra de defesa, Juan chutou colocado para fora. Aos 13 min, Adílson recebeu na direita, levou para o meio e concluiu rasteiro. Matheus fez grande defesa. Aos 14 min, a UFSM teve duas chances seguidas de definir o jogo. Primeiro em conclusão de Bernardo. Depois, após recuperar a bola, Bernardo serviu Bordinhão. Cristian apareceu bem e salvou o Gaúcho nas duas ocasiões.

Aos 15 min, Moisés recebeu sozinho na quadra de ataque e concluiu colocado para fora. Aos 18 min, a UFSM teve duas chances de marcar novamente. Primeiro, Bordinhão serviu Carlos, que passou pelo goleiro e só não marcou porque a defesa afastou. Fiapo ficou com o rebote, mas concluiu para fora. Nos segundos finais, o Gaúcho começou a utilizar o goleiro linha para tentar o empate. Faltando 30s, Félix poderia ter marcado o terceiro, quando concluiu da própria quadra para o gol vazio, mas errou o alvo. No último lance do jogo, a Federal perdeu a posse, Adílson avançou com a bola e concluiu rasteiro, tentando surpreender o goleiro que tinha a visão encoberta. Mas Matheus fez outra grande defesa e garantiu os três pontos para o time universitário. Placar final: UFSM 2×1.

UFSM foi a 12 pontos na tabela da chave 2. Foto: Natiele Follmann/UFSM Futsal

Ficha técnica:

UFSM – Carlson, Jonatan, Bernardo, Bordinhão, Fiapo, Matheus, Mutuca, Félix, Arninho, Moisés, Scalcon, Lincon e Carlos. T.: Gabriel Pranke.

Gaúcho – Cristian, Murilo, Juan, Wesley, Andrei, Adilson, Patrique, Victor, Juliano, Matheus, Bolinha, Vicente e Tiago. T.: Émerson Rosa.

Gols: Bernardo (4 min 23s do 1T – U), Carlos (10 min 25s do 1T – U) e Matheus (8 min 41s do 2T – G).

Arbitragem: Anderson Wendland (árbitro principal), Roni Muller (árbitro auxiliar), Adriano Pedroso (anotador), Romário Pereira (cronometrista) e Cláudio Herrbach (Representante da FGFS).

Cartões amarelos: Jonatan, Lincon (U), Murilo, Patrique e Vicente (G).

Ginásio: do CDM (Santa Maria-RS).

Público pagante: 156 pessoas.

Público total: 169 pessoas.

Jogos da rodada:

UFSM 2×1 Gaúcho

Figueira 3×4 União Independente

AIF 4×2 ATF

La Máquina 4×7 Serade

* Via Assessoria UFSM/Saul Pranke.

Notícias Relacionadas