Em jogo de arbitragem polêmica, Inter-SM é derrotado nos acréscimos pelo Avenida

Em duelo atrasado da quinta rodada do grupo B da Copa Wianey Carlet, Inter-SM e Avenida entraram em campo na tarde desta quinta-feira (20/09), feriado farroupilha, no Estádio Presidente Vargas. No encontro com o líder e invicto Avenida, o lanterna Inter-SM saiu na frente com um gol olímpico e esteve bem perto de vencer a primeira na competição, mas acabou derrotado por 3 a 2 nos acréscimos após sofrer com a expulsão de dois jogadores e uma arbitragem muito polêmica. No próximo domingo, o time santa-mariense recebe o Grêmio, às 15h.

O jogo

Sem Jonathan Cabeça, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Guilherme Tocchetto promoveu a estreia do volante João Felipe como principal novidade na equipe do Inter-SM que iniciou a partida.

E a estreia do meia ex-Toledo (PR) parecia ser um indício de uma arrancada alvirrubra já que, logo a 3 minutos, Chiquinho cobrou escanteio fechado da direita e surpreendeu o goleiro Thierry. Gol olímpico do camisa 10 do Inter-SM.

A vantagem relâmpago deu tranquilidade ao Inter-SM que soube conter as principais investidas da equipe de Santa Cruz do Sul, que pouco ameaçou o gol de João Paulo.

Nas melhores chances da primeira etapa, aos 28 minutos, Chiquinho, em nova jogada de bola parada, quase ampliou. O maestro alvirrubro arriscou tiro direto do lado direito da intermediária e obrigou o goleiro Thierry a espalmar para escanteio.

Já pelo lado do Periquito, Maurício, aos 39 minutos, dominou com estilo dentro da área e concluiu de bicicleta e a bola passou muito perto da trave.

Segundo tempo

O Inter-SM voltou para a segunda etapa disposto a não deixar o resultado escapar. Para isso, Tocchetto sacou Alex Junio e reforçou o sistema defensivo com a entrada de Ícaro. O plano, no entanto, funcionou  por exatos 22 minutos.

Após jogada ensaiada, Yuri, livre na área, aproveitou cruzamento da direita de Moisés Baiano e empatou com um bonito voleio: 1 a 1 na Baixada.

Com Thiaguinho e Paulo Henrique em campo, os donos da casa ganharam novo fôlego no ataque e voltaram à frente no marcador pouco tempo depois.

Paulo Henrique recebeu de costas para o gol, tentou o giro e acabou derrubado na área. Pênalti para o Inter-SM, aos 28 minutos. O próprio atacante se encarregou da cobrança e estufou as redes com um chute forte de pé esquerdo no canto direito de Thierry: Inter-SM 2 a 1.

Mas, os santa-marienses não tiveram muito tempo para comemorar. A vitória que parecia finalmente chegar começou a ficar mais distante 4 minutos depois, quando o árbitro Rodrigo Crivellaro assinalou pênalti em lance duvidoso envolvendo Paulo Henrique, que acabou expulso após receber o segundo cartão amarelo.

O experiente Alexandre deslocou João Paulo e bateu no canto direito para igualar novamente, aos 34 minutos da etapa final.

Com um a menos, o Inter-SM cedeu espaço e acabou sofrendo mais uma baixa. O estreante João Felipe cometeu falta pela direita e também acabou recebendo o segundo amarelo.

Mesmo com nove jogadores em campo, o Inter-SM ainda assustou mais uma vez, aos 45. Chiquinho cobrou falta da pelo lado esquerdo da área e acertou a trave. Quase mais um do time de Santa Maria.

Mas, o golpe fatal ainda estaria por vir. Aos 49 minutos, após lançamento e troca de passes pelo lado esquerdo da área, a bola chegou até o atacante Welder, que escorou para o fundo do gol e selou a quarta derrota do Inter-SM em sete jogos.

O resultado manteve o time na sétima posição do Grupo B, com 3 pontos, após três empates e quatro derrotas. Já o Avenida é o líder com 19 pontos e uma campanha de seis vitórias e um empate.

Duelo desta quinta acabou com muito protesto pelo lado alvirrubro contra a arbitragem. Foto: Diogo Viedo/EsporteSUL

FICHA TÉCNICA:

INTER-SM 2X3 AVENIDA

INTER-SM: João Paulo; Dionatan, Manolo, Benhur, Augusto (Thiaguinho); João Felipe, Josué (Lucas); Chiquinho, Pablo, Alex Junio (Ícaro); Junior. Técnico: Guilherme Tocchetto.

AVENIDA: Thierry; João Neto (Jô), Tayrone, Yuri (Luis Henrique), Jonathan (Roger); Moisés Baiano, Felipe, Matheus (Alexandre), Maurício; Gean (Flávio Torres), Welder. Técnico: Fabiano Daitx.

GOLS: Chiquinho (3 min – 1T), Paulo Henrique (30 min – 2T) (I); Yuri (22 min – 2T), Alexandre (34 min – 2T), Welder (49 min – 2T) (A).

CARTÕES AMARELOS: João Felipe (2), Chiquinho, Paulo Henrique (2) (I); Tayrone, Yurui, Jonathan, Gean (A).

CARTÕES VERMELHOS: Paulo Henrique, João Felipe (I).

ÁRBITRO: Rodrigo Crivellaro

AUXILIARES: Rodrigo Dahmer e Daniel Brondani.

LOCAL/DATA: Estádio Presidente Vargas, Santa Maria (20/09/2018).

Notícias Relacionadas