Inter-SM vence o Lajeadense e pula na tabela da Copa Wianey Carlet

Na penúltima partida em casa na primeira fase da Copa Wianey Carlet, o Inter-SM entrou em campo precisando da vitória para chegar vivo nas duas últimas rodadas. Ocupando a sexta posição no grupo B, com 7 pontos, a equipe comandada pelo técnico Guilherme Tocchetto voltou à Baixada para um duelo de seis pontos, contra um adversário direto na briga por uma das cinco vagas, o Lajeadense, que veio a Santa Maria ostentando o quarto lugar, com 9 pontos.

E, com uma boa produção, o time do Coração do Rio Grande venceu com um golaço de Chiquinho em cobrança de escanteio e ganhou força na briga pela classificação para a segunda fase. A vitória levou 0 Inter-SM ao quarto lugar no grupo B, com 10 pontos, ultrapassando Lajeadense e Juventude (ambos com 9 pontos).

O jogo

A necessidade da vitória fez a equipe santa-mariense propor o jogo desde o início e levar dificuldades ao time de Lajeado.

Na primeira boa chance, lançamento do Junior para a área e Chiquinho tentou de cabeça, mas a defesa cortou, aos 10 minutos de jogo.

Apostando nas jogadas aéreas, explorando principalmente a presença do centroavante Paulo Henrique, os anfitriões dominaram as ações, comandadas pelo capitão Chiquinho.

Aos 28, o meia cobrou falta da direita e exigiu grande defesa do goleiro Vitor Luiz, que espalmou chute que quicou na pequena área.

Na cobrança de escanteio, o camisa 10 voltou a mostrar toda sua qualidade com o pé esquerdo. Em mais uma batida primorosa, o maestro alvirrubro venceu Vitor Luiz e marcou o seu segundo gol olímpico na competição, a exemplo do que já havia feito no duelo contra o Avenida, em córner batido do lado direito, aos 29 minutos: Inter-SM 1 a 0.

Um minuto depois, Paulo Henrique arrancou livre pela esquerda, mas se atrapalhou na área e não conseguiu passe para o meio.

O gol obrigou o Lajeadense a sair para o jogo. Aos 33, Wellington Monteiro mandou para a área, João Paulo saiu de soco quase na linha da grande área. No rebote, Dionatan afastou o perigo.

Insatisfeito com a produção ofensiva do time alviazul, o técnico Rodrigo Bandeira sacou Juninho e mandou o atacante João para o jogo. A mudança ainda na primeira etapa, no entanto, não surtiu efeito até o apito final do primeiro tempo e o Inter-SM foi para o intervalo com a vantagem no marcador.

Chiquinho em disputa com o campeão mundial pelo Inter, Wellington Monteiro. Foto: Bruno Tech/EsporteSUL

Segundo tempo

Paulo Henrique, em jogada de velocidade pelo meio arrancou aplausos da torcida. Em lance individual, o atacante bateu forte buscando o canto direito em arremate de fora da área. O goleiro Vitor Luiz se esticou e defendeu.

Aos 6 minutos o Inter-SM pede uma grande chance de ampliar. Chiquinho, sempre ele, lançou Junior em profundidade com precisão pelo lado esquerdo. O atacante ganhou da marcação dupla e cruzou na medida para Darlem. O lateral que entrou no meio-campo na vaga de Augusto chegou concluindo, mas a bola explodiu na trave. No rebote, Paulo Henrique sotou uma bomba, mas um paredão formado pela zaga do Lajeadense impediu a bola de entrar. Cabeça ainda tentou reaproveitar, mas o chute acabou travado.

Aos 19 minutos, no primeiro escanteio do Lajeadense na segunda etapa, Arthur tentou surpreender João Paulo e mandou direto. Atento, o goleiro alvirrubro tirou com a ponta dos dedos.

Darlem, aos 29 minutos finalizou bonito após boa jogada pela direita. Cabeça achou o camisa 2 na área. Darlem girou bonito e bateu forte de pé esquerdo. Vitor Luiz segurou firme disparo que mereceu aplausos do pavilhão.

Pouco depois, o Lajeadense também ameaça e perde chance incrível para empatar. Após bate-rebate na área alvirrubra, a bola sobrou para Dionas que mandou para fora na cara do gol. Escapou o Inter-SM.

Aos 34, Wellington Monteiro pega sobra na entrada da área e bate de primeira, mas manda à esquerda do gol de João Paulo.

Aos 37 minutos, mais uma boa trama pela direita de ataque do Inter-SM levou perigo. Chiquinho recebeu na área e abriu para Thiaguinho chegar batendo da esquerda. O chute de primeira amorteceu na defesa.

Sem forças para buscar o empate, o Lajeadense ensaia uma pressão nos minutos finais, insuficiente para tirar a segunda vitória do time de Santa Maria.

Com a vitória, o Alvirrubro vai a 10 pontos na tabela e ultrapassa o próprio Lajeandense e entra na zona de classificação para a segunda fase da Copa Wianey Carlet.

No próximo sábado (13/10), o Inter-SM vai até o litoral norte enfrentar o Real, em Tramandaí, às 15h.

Duelo deste sábado foi o último do Inter-SM em casa na primeira fase. Foto: Bruno Tech/EsporteSUL

FICHA TÉCNICA:

INTER-SM 1X0 LAJEADENSE

INTER-SM: João Paulo; Dionatan, Benhur, Manolo, Paulo Henrique Borges; João Felipe, Augusto (Darlem), Cabeça, Chiquinho; Júnior (Ícaro) e Paulo Henrique (Thiaguinho). Técnico: Guilherme Tocchetto.

LAJEADENSE: Vitor Luiz; Bindé, Dadalt, Du, Steffens (Arthur); Monteiro, Dudu (Bana), Rafael (Douglas), Miguel (Léo); Juninho (João) e Dionas. Técnico: Rodrigo Bandeira.

GOLS: Chiquinho (29 min – 1º T) (I).

CARTÕES AMARELOS: Paulo Henrique Borges, João Felipe (I); Du (L).

ÁRBITRO: Bruno Mattos

AUXILIARES: Ismael Mancilha e Haury Temp.

LOCAL/DATA: Estádio Presidente Vargas, Santa Maria (06/10/2018).

Notícias Relacionadas