Quarta edição da Copa EsporteSUL celebra a força do jiu jitsu santa-mariense

No último domingo (11/11), o Centro Desportivo Municipal de Santa Maria voltou a ser palco de mais uma Copa EsporteSUL de Jiu Jitsu. Durante mais de sete horas, 101 atletas, representando 11 equipes e cidades como São Gabriel, São Sepé, São Borja, Porto Alegre, Cachoeira do Sul, Bagé, Santana do Livramento, São Pedro do Sul e de Santa Maria, caíram pra dentro das duas áreas montadas na quadra principal do CDM para a disputa em mais de 50 categorias e competir por uma premiação em dinheiro que superou a marca de R$ 3 mil reais distribuídos aos campeões das categorias Absoluto.

Representada por 28 atletas, a Drill BJJ School, teve mais uma vez a maior delegação da competição que chegou à quarta edição e é a mais antiga em atividade na região central do Rio Grande do Sul, que estreou em 2015. Com 11 medalhas de ouro, 12 de prata e oito de bronze, a equipe comandada pelo mestre Antônio Dias “Kapincho”, somou 1790 e conquistou pela terceira vez consecutiva o título da Copa ES, que nesta edição, além do troféu, premiou os campeões com um jogo de camisetas personalizadas alusivas à conquista, oferecidas pela Fatto Confecções.

O vice-campeonato ficou com outra tradicional equipe santa-mariense, a Thork Jiu-Jitsu, liderada pelo mestre Leonardo Morosetti. Competindo com 19 atletas, o time que levantou a taça da primeira edição da Copa ES, faturou o prêmio em dinheiro em três das seis categorias no Absoluto e travou um duelo emocionante pelo título. Foram 14 medalhas de ouro, três de prata e sete de bronze, que levaram a equipe a um total de 1670 pontos.

Em terceiro, as filiais da Atos Guetho de São Gabriel e Santana do Livramento, dos professores Brunno Bragança e Juliano Lesama, fecharam o pódio por equipes, com 1425 pontos.

A presença ilustre da etapa de 2018 ficou por conta do campeão Pan-Americano e brasileiro Lucas Gualberto, de 20 anos, recém-promovido à faixa marrom. O jovem talentoso que deixou a cidade de Parnaíba (PI) para brilhar pelo mundo e hoje defende a tradicional equipe Alliance Mário Reis, de Porto Alegre, ficou com o prêmio no Absoluto Marrom e Preta após vencer Mateus Obaldia (Drill BJJ) na semifinal e o faixa preta Tiago Neves (Rilion Gracie) na final.

A Copa EsporteSUL teve o apoio da Prefeitura Municipal de Santa Maria e patrocínio de Fatto Confecções, Cirne Automóveis, Professora Doutora Fátima Deitos, Mega Café, Barbearia FC, Runna Corte a Lazer, Agemed Planos de Saúde, Santa Mania Super Pizzas, Viação Santa Cruz, Rafael Chaveiro, Bruxo Ponto de Bebidas, O Churrasqueiro, Beltrame Odontologia, Construtora Jobim, Loja da Paty, KeppeFit Academias e Polvo Louco.

Veja os resultados de todas as categorias da IV Copa EsporteSUL:

Absolutos:
Feminino Branca (R$ 300,00)
1ª – Aline Torres e Veluma Molina (Thork JJ)
3ª – Raíssa Guerra (Martins Figth Team)
3ª – Laura Garske (Mesquita Bros)

Feminino Azul (R$ 250,00)
1ª – Karoline Rodrigues (Thork JJ)
2ª – Diosana Frigo (Drill BJJ)
3ª – Bibiana Lopes (Drill BJJ)

Masculino Branca (R$ 750,00)
1º – Leandro Friedrich (Thork JJ)
2º – Alex Nunes (Mesquita Bros)
3º – Fernando Lisboa (Drill BJJ)
3º – Rafael dos Santos (Drill BJJ)

Masculino Azul (R$ 750,00)
1º – Valdir Moraes (Alliance)
2º – Warlen Brondani (Drill BJJ)
3º – Eduardo Fernandes (Thork JJ)
3º – Flávio Stona (Thork JJ)

Masculino Roxa (R$ 750,00)
1º – Vinicius Martins (Alliance)
2º – Juliano Lesama (Atos Guetho)
3º – Carlos Suíça (Thork JJ)

Masculino Marrom/Preta (R$ 400,00)
1º – Lucas Gualberto (Alliance)
2º – Tiago Neves (Rilion Gracie)
3º – Mateus Obaldia (Drill BJJ)
3º – Victor de Oliveira (Mesquita Bros)

Feminino/Mirim/Branca/Leve/Médio:
1ª – Lívia Freitas (Thork JJ)

Masculino/Mirim/Branca/Médio/Pena:
1º – Leonardo Chagas (Atos Guetho)
2º – Lorenzo Bizi (Drill BJJ)
3º – Samuel Amarante (Thork JJ)

Masculino/Mirim/Branca/Pesado/Super-pesado/Pesadíssimo:
1º – Richard Casarotto (Drill BJJ)
2º – Nicolas Cardoso (Drill BJJ)
3º – Luiz Fernando Lippmann (Drill BJJ)

Masculino/Feminino/Infantil/Branca/Pena/Pesado:
1ª – Eduarda Santos (Atos Guetho)
2º – Pedro Pivoto (Drill BJJ)

Masculino/Infantil/Branca/Médio/Meio-pesado:
1º – Lucas Zambrana (Atos Guetho)
2º – João Vitor de Oliveira (Drill BJJ)
3º – Christofer Casarotto (Drill BJJ)

Masculino/Infantil/Branca/Pesadíssimo:
1º – Arthur Cossentino (Drill BJJ)
2º – Henry Martins (Thork JJ)
3º – Augusto da Silva (Atos Guetho)
3º – Otávio Gonzales (Drill BJJ)

Masculino/Infantil/Branca/Super-pesado:
1º – Matias Silveira (Atos Guetho)
2º – Gabriel Dallasta (Drill BJJ)

Feminino/Infanto-Juvenil/Branca/Leve/Pesado:
1ª – Rayane Medeiros (Blackhawk)
2ª – Gabriely Pereira (Atos Guetho)

Masculino/Infanto-Juvenil/Branca/Leve:
1º – Milton Saldanha (Atos Guetho)
2º – Carlos Rodrigues (Atos Guetho)
3º – Leonardo Barbosa (Atos Guetho)

Masculino/Infanto-Juvenil/Branca/Pesado:
1º – Ruan Carvalho (Blackhawk)

Masculino/Infanto-Juvenil/Branca/Pesadíssimo:
1º – Alejandro Machado (Atos Guetho)
2º – Vitor Machado (Thork JJ)

Feminino/Adulto/Branca/Médio:
1ª – Raíssa Guerra (Martins Fight Team)

Feminino/Adulto/Branca/Meio-pesado:
1ª – Veluma Molina (Thork JJ)
2ª – Laura Garske (Mesquita Bros)
3ª – Priscilla Dalla Corte (Drill BJJ)

Feminino/Adulto/Branca/Pesado:
1ª – Aline Torres (Thork JJ)

Feminino/Adulto/Azul/Pluma:
1ª – Diosana Frigo (Driil BJJ)

Feminino/Adulto/Azul/Pena:
1ª – Bibiana Lopes (Drill BJJ)

Feminino/Adulto/Azul/Médio:
1ª – Karoline Rodrigues (Thork JJ)

Masculino/Adulto/Branca/Pluma:
1º – Ambrósio Veiga (Blackhawk)
2º – Wesley de Andrade (Mesquita Bros)
3º – Adam Ferreira (Thork JJ)

Masculino/Adulto/Branca/Pena:
1º – Igor Pereira (RMNU)
2º – João Vitor Medeiros (N1 Team)
3º – Christian Boeira (Atos Guetho)

Masculino/Adulto/Branca/Leve:
1º – Rodrigo Sabsatini (Atos Guetho)
2º – Jonathan Preuss (Mesquita Bros)
3º – Flávio da Rosa (Thork JJ)

Masculino/Adulto/Branca/Médio:
1º – Jaderson Steinmetz (Thork JJ)
2º – Matheus Santos (Drill BJJ)

Masculino/Adulto/Branca/Pesado:
1º – Leandro Friedrich (Thork JJ)
2º – Alex Lima (Mesquita Bros)

Masculino/Adulto/Azul/Pluma:
1º – Thiago Cardoso (Drill BJJ)
2º – Thalles Jorge (Atos Guetho)

Masculino/Adulto/Azul/Leve:
1º – Leonardo Schaurich (Blackhawk)
2º – Guilherme Almeida (JA JJ)
3º – Andrei Pigatto (JA JJ)
3º – Leonardo de Vargas (Martins Fight Team)

Masculino/Adulto/Azul/Médio:
1º – Stefano Correa (Drill BJJ)
2º – Bruno Emanoelli (JA JJ)
3º – Ricardo Ruviaro (Thork JJ)
3º – Joeder Soares (Mesquita Bros)

Masculino/Adulto/Azul/Meio-pesado:
1º – Warlen Brondani (Drill BJJ)

Masculino/Adulto/Azul/Pesado:
1º – Eduardo Fernandes (Thork JJ)

Masculino/Master/Azul/Super-pesado:
1º – Flávio Stona (Thork JJ)

Masculino/Master/Azul/Pesadíssimo:
1º – Valdir Moraes Júnior (Alliance)

Masculino/Adulto/Roxa/Pesado:
1º – Vinicius Martins (Alliance)

Masculino/Adulto/Marrom/Pluma:
1º – Victor de Oliveira (Mesquita Bros)

Masculino/Adulto/Marrom/Meio-pesado:
1º – Lucas Gualberto (Alliance)

Masculino/Master/Branca/Pena:
1º – Rafael de Menezes (Atos Guetho)
2º – Marcelo Costa (Drill BJJ)

Masculino/Master/Branca/Leve:
1º – Enzo da Rosa (Atos Guetho)
2º – Eduardo Gomes (Atos Guetho)
3º – Cleiton Mota (RMNU)
3º – Alexandre Belmonte (Thork JJ)

Masculino/Master/Branca/Médio:
1º – Silvio Arcuri (Atos Guetho)

Masculino/Master/Branca/Meio-pesado:
1º – Rafael dos Santos (Drill BJJ)
2º – Márcio Ferreira Júnior (Drill BJJ)
3º – Luis Fernando (Atos Guetho)

Masculino/Master/Branca/Pesadíssimo:
1º – Régis Rocha (Blackhawk)
2º – Leandro Volpato (RMNU)

Masculino/Master/Azul/Pena:
1º – Daniel Lopes (Drill BJJ)
2º – Marcus Vinicius (Mesquita Bros)
3º – Cristiano Macedo (Blackhawk)

Masculino/Master/Azul/Leve:
1º – André Portes (Atos Guetho)

Masculino/Master/Azul/Meio-pesado:
1º – Jheison (Thork JJ)
2º – Guilherme Fonseca (Drill BJJ)
3º – Rodrigo Anhaia (Martins Fight Team)

Masculino/Master/Azul/Pesado:
1º – Pablo Samuel Lemos (Thork JJ)

Masculino/Master/Azul/Pesadíssimo:
1º – Tiago Bech (Thork JJ)
2º – André Bortolazzo (Rilion Gracie)

Masculino/Master/Roxa/Leve:
1º – Carlos Suíca (Thork JJ)
2º – Douglas Garcia (Drill BJJ)

Masculino/Master/Roxa/Médio:
1º – Juliano Lesama (Atos Guetho)

Masculino/Master/Roxa/Pesado:
1º – Felipe Nicolodi (Drill BJJ)

Masculino/Master/Marrom/Leve:
1º – Mateus Obaldia (Drill BJJ)

Masculino/Master/Preta/Pesadíssimo:
1º – Tiago Neves (Rilion Gracie)

Notícias Relacionadas