Em Canoas, lutadoras da AGT finalizam ano pelo Open Greco Fight

Equipe que mais representa o muay thai santa-mariense em eventos oficiais tanto regionais, estaduais e também nacionais, a Associação Guerreiros Thai (AGT) cumpre os seus últimos compromissos de 2019 na noite deste sábado (24/11) no Open Greco Fight, em Canoas, na edição chamada de Melhores do Ano.

E desta vez é a força feminina da equipe santa-mariense que sobe ao ringue, representada pela experiente Iolanda Garcia e pela jovem revelação Daniela Vargas.

Iolanda Garcia está invicta em 2018. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Com uma valiosa experiência nas artes marciais, onde além de muay thai já entrou em ação por combates de kickboxing e boxe, Iolanda Garcia, de 34 anos, soma entre as três modalidades cinco vitórias e quatro derrotas, sendo o último triunfo no boxe tailandês pelo VIII Combat Guerreiros Thai, no mês de setembro e que lhe rendeu o cinturão da categoria 54kg. No Open Greco Fight Iolanda encara Jucemara Saldanha, da Nitro Team, de Monte Negro.

Se Iolanda representa a experiência, Daniela Vargas representa a juventude da AGT. Revelada pelo projeto social Guerreiros em Busca da Liberdade, a lutadora de 17 anos é a grande revelação da temporada no muay thai santa-mariense. Desde a sua estreia em junho, Dani contabiliza apenas uma derrota e cinco vitórias, incluindo no VIII Combat Guerreiros Thai e no Campeonato Brasileiro 2018, no Mato Grosso do Sul. Pela frente de Dani Vargas neste sábado no Open Greco Fight está Raquel Constante, da World Thai, de Gravataí.

– Estou lutando direto, querendo sempre evoluir dentro dos ringues ,sempre treinando sem parar, me dedicando. Agora mais um combate. Vou dar o meu melhor e é isso. Se Deus quiser eu trago mais uma vitoria. – diz Dani Vargas.

Dani Vargas já é um dos grandes nomes da nova geração do muay thai de Santa Maria. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)

Notícias Relacionadas