Atletas de Santa Maria participam do Sul Americano de Padel no Chile

Uma das mais relevantes escolas gaúchas do padel, Santa Maria vai se tornando também um dos polos nacionais da modalidade.

Pelo terceiro ano seguido a cidade foi representada na Seleção Brasileira Amadora na disputa do Campeonato Sul Americano de Padel, disputa chancelada pela Federação Internacional de Padel (FIP) e que nesta temporada desembarcou em Viña Del Mar, no Chile, entre os dias 7 e 9, reunindo também padelistas amadores do Paraguai, Uruguai e Argentina.

Em 2018 cinco atletas do Coração do Rio Grande vestiram a camisa amarelinha pela competição internacional, ajudando o Brasil a ficar em segundo lugar no ranking dos países participantes, atrás somente da Argentina, grande centro mundial do padel.

Os melhores resultados para Santa Maria vieram com as duplas Marcos Braga e Jader Vargas, que acabaram eliminados na semifinal, se despedindo do Sul-Americano com três vitórias em quatro jogos, e entre as mulheres com Juliana Parode, que formou dupla com Jamile Souza, de Tubarão, e também deu adeus na semifinal. No total foram quatro jogos e duas vitórias para Juliana e Jamile.

Completando a delegação santa-mariense à serviço da Seleção Brasileira Amadora estava Tamara Aymay e Bianca Brum, que não avançaram da fase classificatória.

– Finalizamos o ano de competições com o pé direito, convocado para seleção e representando Santa Maria e o Brasil no Sul Americano de Padel, no Chile. Infelizmente esse ano não conseguimos esse título, perdemos na semifinal para o Paraguai em um jogo de 2h30min. Saio muito satisfeito pois é uma competição com o nível técnico muito elevado com excelentes duplas de outros países. – declarou o padelista Marcos Braga.

Padelistas de Santa Maria que estiveram em ação no Sul Americano 2018. Da esquerda para a direita: Jader, Bianca, Tamara, Juliana e Marcos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Notícias Relacionadas