Atletas de Santa Maria comemoram o primeiro título no futsal italiano

Há poucos mais de quatro meses dois grandes talentos e promessas reveladas pelo futsal santa-mariense trocaram as quadras e vida no Coração do Rio Grande para seguir carreira na Itália, um dos maiores centros mundiais da modalidade.

Das cores da UFSM Futsal o fixo Jonatan Machado, de 21 anos, e o pivô Geovane Borges, de 20, passaram a defender então as do Pro Nissa Futsal, clube da cidade de Caltanissetta, localizada na região sulista da Sicília.

E este início de história no futsal italiano tem sido melhor do que os próprios atletas projetavam antes de desembarcarem no Velho Continente.

Peças de um projeto audacioso do Pro Nissa, cujo objetivo é em três anos saltar da terceira para a primeira divisão e capitaneado por Cristiano Goulart, itaquiense com passagem pelo futsal de Santa Maria e há dez temporadas na Europa, entre Chipre, República Tcheca, França e Itália, os atletas Jonatan e Geovane ignoraram qualquer tipo de adaptação no novo desafio e se afirmaram em pouco tempo como dois dos principais nomes da equipe, já levantando o primeiro troféu na Itália.

– A experiência está sendo fantástica, tanto pessoalmente quanto profissionalmente. Viver em outra cultura, com outra língua e outros costumes sempre agrega muito à visão de mundo. Em todos os sentidos estamos habituados já. Com a língua, com a maneira de jogar, que é um pouco diversa e com a rotina. Estamos entre cinco brasileiros no time, isso facilita demais, pelo fato de três deles já terem a experiência aqui na Itália. Nos deram um baita suporte para que a adaptação fosse mais rápida e efetiva. E ainda o fato de estarmos entre amigos aqui, deixa tudo mais tranquilo. – afirma o fixo Jonatan.

– É uma fase de muita evolução e amadurecimento. Estou feliz por ter me adaptado rápido ao futsal italiano, isso facilitou o bom rendimento e assim consegui ajudar o time a ser campeão do primeiro campeonato da temporada. – completa Gê, como Geovane é conhecido.

O técnico e também atleta Cristiano, responsável direto pela contratação dos dois, comentou sobre a rápida adaptação dos jogadores ao futsal italiano:

– O Jonatan e o Gê são jogadores muito bem preparados taticamente e isso acredito que ajudou bastante na adaptação deles aqui. Não tivemos uma pré-temporada longa, foram duas semanas só de preparo, então precisava de jogadores novos, mas bem preparados. Os dois estão muito bem, pois são jogadores que assimilam rápido tem um ótimo entendimento e são muito determinados. Ambos tem um grande futuro. Uma coisa que acredito que tenha ajudado na adaptação deles é o fato de estarmos em outros brasileiros jogando.

Jonatan e Geovane com o troféu da Copa Itália. (Fotos: Divulgação/Pro Nissa)

Nos primeiros dias de 2019 Jonatan, Gê e o restante do grupo comandado por Cristiano conquistaram a etapa regional da Copa Itália de forma invicta. Em seis partidas foram cinco vitórias, incluindo a goleada na final sobre o Marsala por 8 a 0, e apenas um empate. Jonatan balançou as redes sete vezes e Gê outras dez.

Com o título o Pro Nissa se credenciou para a disputa da etapa nacional da Copa Itália, onde enfrenta o Carbognano, da região de Lazio, nas oitavas de final com a partida de ida marcada para o dia 12 de fevereiro em casa e o de volta no dia 26 fora.

– A expectativa era grande. Sabia o tamanho da intenção do clube, que o planejamento era de chegar a Série A em três anos e que estavam montando um elenco fortíssimo pra conseguir isso. Mas claro que ser campeão tão rapidamente é um feito que sempre nos surpreende e motiva mais ainda a seguir. Principalmente títulos, são coisas que marcam a passagem dos jogadores pelos clubes. Começar assim é fundamental pra sequência do trabalho por aqui. – declara o fixo Jonatan.

Fixo Jonatan já é um dos líderes do time italiano. (Foto: Divulgação/Pro Nissa Futsal)

E as boas atuações e grande fase dos dois santa-marienses e do Pro Nissa não se restringem apenas a Copa Itália. Na liga em que disputam, chamada de Serie C1 Girone Sicilia, divisão que conta com mais treze clubes da região da Sicília, a equipe de Jonatan e Gê é líder com oito pontos de vantagem em relação ao segundo colocado faltando doze rodadas para o fim, além de ter o melhor ataque e defesa do certame. Até o momento são treze vitórias e um empate, com Gê ocupando ocupando o posto de artilheiro da competição com 28 gols. Já Jonatan soma onze na liga regional.

– Com muito trabalho e com ajuda dos meus companheiros estou conseguindo ter uma média grande de gols por partida, assim sendo o atual artilheiro da competição. – diz Gê.

Caso confirme o título da C1 a equipe dos santa-marienses garante também o acesso para a Serie B, esta já de nível nacional. Já a outra possibilidade de ingressar na segunda divisão do futsal italiano é vencendo a Copa Itália.

– São números no qual aumentam a responsabilidade e a pressão principalmente em cima deles e de nós. Somos estrangeiros e estamos aqui para “resolver”. Esse era meu maior medo pois como são novos não são todos que sabem lidar, mas estão lidando muito bem. Temos um grupo muito bem unido, tantos italianos quanto nós brasileiros e isso ajuda bastante. Importante é não perder o foco, pois é a saudade da família, amigos, festas, entre outros fatores que podem prejudicar muito o andamento do trabalho, mas eles graças a deus me surpreenderam. – revela Cristiano Goulart.

Com todo sucesso meteoro no futsal italiano tanto Geovane como Jonatan já projetam o futuro dentro do Pro Nissa. Com contratos até a metade da temporada, o desejo dos dois é renovar com o clube e seguir escrevendo história em Caltanissetta. O que não será empecilho, já que também é desejo da equipe manter os santa-marienses.

– Estou muito feliz aqui no clube por tudo que estamos conquistando e por todas experiências. No momento pretendo prolongar minha passagem por aqui. – sentencia Gê.

– Tenho contrato até o meio do ano, que é o fim da temporada da Europa, e o desejo é de prorrogar e permanecer por aqui. A valorização do esporte e dos atletas é considerável, o que faz motivar a ficar quantos anos puder jogando por aqui. – finaliza o fixo Jonatan.

Repetindo a história da maoria das equipes que atuou, pivô Gê é o artilheiro do elenco do Pro Nissa Futsal. (Foto: Divulgação/Pro Nissa Futsal)

Notícias Relacionadas