Muay thai santa-mariense presente em mais uma edição do Attack Fight

Consolidado como um dos eventos de muay thai mais ilustres do Rio Grande do Sul, o Attack Fight promove neste próximo sábado (23/03), em São Leopoldo, a edição chamada de New Talents Five. E desta vez entre o seu card estão três atletas de Santa Maria, de experientes a novato.

Da respeitada Associação Guerreiro Thai (AGT), referência local na arte marcial tailandesa, calçam as luvas Luis Eduardo Sturm e Eduardo Jordão. Mais um nome revelado pelo projeto social Guerreiros em Busca da Liberdade, Sturm faz a sua segunda luta na carreira e enfrenta Diego Índio, da Kombat, de Caxias do Sul, pela categoria juvenil amador ate 48kg.

Já Jordão, que em seu cartel conta com 22 combates entre boxe, kickboxing e muay thai, chega embalado com a conquista do Campeonato Brasileiro 2018 para um GP na divisão até 63,5kg. Na primeira luta da noite o atleta da AGT encara Rafael Marten, da DK1 Shamo, de Porto Alegre, onde quem avançar encara o ganhador de Darwin Saavedra, da Black Star, e Bruno Pudim, do CTC Cidade de Santos.

- Estou muito feliz por ter recebido essa oportunidade de disputa esse GP entre os melhores da categoria. Recebi a ligação do meu treinador de manhã se eu toparia lutar o GP na 63,5kg, porque até então eu iria fazer uma luto no card principal e só. Falei pra ele que topava e vamos lá. Vou dar meu melhor e seja o que Deus quiser. - conta Eduardo Jordão.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2019/03/eduardo-jordão-agt-attack-foto-bruno-tech.jpg" image_size="full" desc="Eduardo Jordão faz a sua estreia na temporada 2019. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)"][/vc_column][/vc_row]

A edição New Talents Five será especial para Bruno Guimarães, um dos maiores lutadores forjados no Coração do Rio Grande nos últimos anos, dono de um cartel com 18 lutas, mas que estava afastado dos ringues há três temporadas por conta de uma séria lesão no ombro.

Ex-atleta da própria AGT e agora responsável pela equipe Thai Max, Bruno Guimarães, que por duas ocasiões já passou por períodos de treinos na Tailândia, irá medir forças no Attack Fight contra Alexandre Machado, da Nitro Team, de Caxias do Sul, em confronto do card principal na classe até 86kg.

- Estou feliz da vida. Não adianta, a luta faz parte desde meus 9 anos e o muay thai desde os 16. Eu me dediquei muito a esse arte marcial, abri mão de muitas coisas. Fui para Tailândia duas vezes, a segunda não deu certo e tive que voltar. Foi um baque muito difícil, porque até então era tudo que eu sabia e fazer e só tinha em mente isso. Colocar a cabeça do travesseiro até hoje e saber que tive a oportunidade de dar certo, mas devido a lesão não dar é complicado. Para muita gente não é nada, mas pra quem chegou a onde cheguei e da onde sai é praticamente um sonho e eu estava consolidando esse sonho. - diz Bruno Guimarães, que completa:

- Essa volta para mim é só alegria. Estou muito feliz mesmo por estar lutando novamente, sentir na pele toda adrenalina, treinar, me superar, ter aquele contato de atleta com o treinador, ter toda função de bater peso. Está sendo só alegria, só gratidão mesmo.

[vc_row][vc_column][mk_image src="http://esportesul.com/wp-content/uploads/2019/03/bruno-guimarães-attack-2019.jpg" image_size="full" desc="Depois de três anos sem lutar oficialmente, Bruno Guimarães está de volta aos ringues. (Foto: Bruno Tech/EsporteSUL)"][/vc_column][/vc_row]

s2Member®

CÓPIA PROIBIDA

CONTEÚDO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

EsporteSUL - O esporte daqui é aqui www.esportesul.comFacebookInstagramTwitter