FA Cupa (Especial): Manchester United cai diante do modesto Wolverhampton

O multimilionário Manchester United não resistiu ao demolidor de campeões Wolverhampton e deixou a disputa pela Copa da Inglaterra, nesta última semana. Dirigido pelo técnico português Nino Espírito Santo, o pequenino já havia derrubado o poderoso Liverpool, na rodada anterior.

Wolverhampton, de Raul Jimemez, está nas semi da Copa da Inglaterra. Foto: Imguol.com.br

A partida, que começou sem grandes emoções, pegou fogo no segundo tempo, quando os 3 gols da partida foram marcados. O placar de 2×1 foi obra do mexicano Raul Jimenez e do português Diogo Jota, com Rashford descontando no final do jogo para o time de Manchester.

O Watford se classificou ao derrotar o Chrystal Palace também por 2×1. O Brighton, equipe da cidade de Brighton e Hove, também se classificou ao derrotar o Millwall nos pênaltis, após empate por 2×2. Os confrontos foram definidos assim: WolvesxWatford e CityxBrighton nos dias 6 e 7 de abril.

City de Aguero e Gabriel Jesus é o favorito à taça. Foto: Dreamteamfc.com

Mas o grande favorito do torneio – e também já classificado pro quadrangular final – é o time do treinador espanhol Pepe Guardiola, o

O City se classificou ao derrotar o Swansea por 3×2, numa virada sensacional. Estava perdendo por 2×0 até o intervalo, quando as palavras de Guardiola no vestiário parecem ter surtido efeito entre os jogadores. São poucos os técnicos que conseguem mudar jogos com tanta maestria.

Aos 24 minutos, o português Bernardo Silva fez o primeiro do City. Aguero empatou a disputa, aos 33 minutos, de pênalti. E o argentino repetiu o feito nos minutos finais, ao colocar a bola nas redes com uma cabeçada certeira, classificando o time azul para as semifinais do torneio.

Time de Guardiola (centro) vive grande momento na temporada 18/19. Foto: Superesportes.com.br

O espírito de campeão parece estar presente em todos os momentos nas partidas do time comandado por Guardiola. Mesmo após o segundo gol, quando a equipe parecia estar desnorteada, era claro que a vitória era apenas uma questão de calma e de tempo, bastava o time colocar em campo suas jogadas costumeiras.

Fundado em 1880, o segundo maior time de Manchester demorou pra se tornar um competidor considerado favorito dos torneios em que disputava. Somente com a venda da instituição para o ex-primeiro-ministro da Tailândia e posterior revenda ao xeque emiradense Mansour Bin Zayed Al Nahyan, o clube começou a brigar de igual para igual com os adversários.

Saiba mais sobre a história do torneio

Taça da FA Cup. Foto: Futebolstats.com.br

A Copa da Inglaterra é a competição mais antiga que existe no mundo do futebol. Organizada pela Football Association, ela já teve 145 edições! Depois da Premier League, é a competição mais importante do país que inventou  o esporte mais amado do Brasil e do mundo.

Ela é disputada no formato de eliminatórias, como a Copa do Brasil. A 1ª edição, ocorrida entre 1871-72, teve como campeão o Wanders FC. O time ainda existe, mas, atualmente, é amador. Em 2018, o Chelsea ganhou seu 8º título ao derrotar o Manchester United por 1 x 0. O Arsenal é o maior vencedor do torneio, com 13 títulos conquistados.
O campeão da Copa da Inglaterra ganha uma vaga na Europe League, a não ser que o clube tenha se classificado para a Champions League. A vaga ficaria, deste modo, para aquele que tiver sido vice-campeão. Quais são as chances disso acontecer? Será que o City consegue?

O vencedor do torneio também se classifica para a Supercopa da Inglaterra, cuja final é contra o vencedor da Premier League, ou o vice, quando outra vez o vencedor de ambos os torneios tiver sido o mesmo time. O maior vencedor da é Supercopa é o Manchester United.